terça-feira, 26 de novembro de 2019

Manjericão: Antialérgico natural, Antiestresse, Elimina pedras nos rins, Alivia dor de cabeça e outros.


Em outra matéria falamos sobre a alfavaca também conhecida como alfavaca-cravo, alfavacão (ocimum gratissimum) (ver matéria Benefícios da Alfavaca-cravo.) também conhecida como alfavaca manjericão, ocimum basilicum), elas são plantas bem parecidas e com muitas indicações semelhantes, porém são plantas diferentes.
Nesta matéria vamos falar sobre o manjericão (alfavaca, ocimum basilicum) ele é uma planta perene, que mede aproximadamente 60 cm de altura, sendo originária da Ásia e África. É uma planta conhecida pelos seus galhos com muitas ramificações, com suas folhas postas, com um formato oval, e pela sua cor verde clara, tem flores brancas, conforme a foto abaixo.
O manjericão é uma erva aromática muito utilizada na culinária como tempero, deixa um sabor delicioso e único nos pratos e possui propriedades medicinais em benefício a nossa saúde, também é consumida através de chá e sucos.
Estudos demonstraram que o manjericão possui propriedades antibacterianas, antioxidantes, antiespasmódicas e digestivas. O Manjericão também oferece nutrientes essenciais para o corpo e a mente, como as vitaminas A, C e K, manganês, cobre, cálcio, ferro e gorduras omega-3. É uma ótima fonte de magnésio, que proporciona melhor fluxo sanguíneo.

Confira os seus benefícios:
 
- Antialérgico natural:

A folha é antialérgico e ajuda a aliviar as picadas de insetos.
Coloque uma colher (chá) de suco de manjericão sobre a área afetada e deixe agir.
Repita após algumas horas.

- Ajuda no tratamento de resfriados:

Um dos benefícios do manjericão é a melhora do sistema imunológico. Suas folhas são utilizadas no tratamento de resfriados. É recomendável mastigá-las para o alívio de resfriados e gripes. As fortes propriedades do manjericão antibióticas protegem o organismo contra bactérias e as infecções causadas por elas. Outro tempero muito conhecido e que vale a pena conhecer é o gengibre, que tem vários benefícios similares.

- Alívio de tosse:

O Manjericão é um ingrediente de xaropes e expectorantes. Dores de garganta também podem ser aliviadas com um gargarejo com água fervida com folhas da planta. A erva é ainda eficaz para outros problemas respiratórios, tais como asma e bronquite.

-Melhora o sistema imunológico:

A melhora do sistema imunológico também é um dos benefícios do manjericão. Ao fortalecer o sistema imunológico a planta protege contra asma, alergias, artrite, câncer, gripes e resfriados. Para melhores resultados, recomenda-se dar preferência à folha fresca e não seca

- Antiestresse:

As folhas de Manjericão também são apontadas por diminuir o estresse. Especialistas recomendam mascar 10 a 12 folhas de Manjericão, duas vezes por dia, para prevenir o estresse e os problemas decorrentes deste mal.

- Melhorar a pele:

Outros benefícios do manjericão são a prevenção do surgimento de acnes e aceleração o processo de recuperação de feridas na pele. O seu extrato ajuda a eliminar as bactérias presentes na derme, que resultam no entupimento dos poros, a principal causa da acne.
Propriedades do manjericão reduzem a inflamação da pele e são utilizadas no tratamento de outros problemas, como micose, psoríase e picadas de insetos. A erva é considerada excelente na prevenção e tratamento do câncer de pele.

-Melhora a saúde bucal:

Estudos apontam que as propriedades do Manjericão também são eficazes no combate ao mau hálito e doenças periodontais.

-Elimina pedras nos rins:

O Manjericão tem poderoso efeito no funcionamento dos rins. Para otimizar o órgão, é indicado o consumo de 6 folhas frescas com água, em jejum. Para quem sofre de pedras nos rins é bom misturar suco extraído de manjericão com mel e tomar a mistura diariamente durante aproximadamente 6 meses. O procedimento facilita a eliminação das pedras nos rins pela urina. A planta ainda é benéfica para a cura de diversos problemas urinários. Você também pode conferir algumas dicas para prevenir a pedra nos rins que podem ser muito úteis na sua vida.
-Tratamento para problemas de estômago:

O consumo de Manjericão também faz bem para o sistema digestivo. O suco extraído de suas folhas pode tratar dores de estômago ou cãibras. Seu chá ainda é utilizado para tratar outros problemas comuns de estômago, como prisão de ventre, indigestão, pilhas e acidez. Suas propriedades medicinais ajudam ainda a curar úlcera gástrica e úlcera péptica, além de melhorar o funcionamento do fígado.
- Alívio de dor de cabeça:

Mais um dos benefícios do Manjericão é sua função de relaxante muscular. A planta pode ser mastigada, ingerida como chá ou ainda ser aplicada como óleo diretamente no corpo para aliviar a tensão nos músculos e as dores de cabeça.

- Sistema cardiovascular:

Os poderosos componentes antioxidantes encontrados na erva ajudam a baixar o nível de colesterol e reduzir as chances do desenvolvimento da doença da artéria coronária. Propriedades do manjericão como o magnésio auxiliam relaxando os músculos e melhorando o fluxo sanguíneo no organismo.

-Sistema respiratório:

A erva também favorece a saúde respiratória, pois ajuda a melhorar o desempenho dos pulmões. Os óleos essenciais de Manjericão são bons para curar a bronquite e congestão dos pulmões. A planta também é muito útil no tratamento da tuberculose.

Suco de Manjericão:

Bata no liquidificador um punhado de folhas de manjericão em 1 litro de água.
Coe e adoce com mel e beba 3 vezes ao dia.

Chá de Manjericão:

Coloque 1 litro de água para ferver, depois de fervida desligue o fogo e adicione um punhado de folhas de manjericão. Tampe e deixe repousar por uns 5 minutos e coe.
Beba adoçado 3 vezes ao dia.

As folhas frescas do manjericão ajudam a garantir um toque final especial à pizzas, é utilizado para fazer os chás e sucos.
O manjericão desidratado ou em pó é uma ótima opção para temperar carnes e massas; já a moída, combina perfeitamente com legumes.

Dica: Eu costumo também usar folhas frescas (uma ou duas) para cozinhar com o frango, peixe ou carne.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Total de visualizações de página

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *