terça-feira, 26 de novembro de 2019

Manjericão: Antialérgico natural, Antiestresse, Elimina pedras nos rins, Alivia dor de cabeça e outros.


Em outra matéria falamos sobre a alfavaca também conhecida como alfavaca-cravo, alfavacão (ocimum gratissimum) (ver matéria Benefícios da Alfavaca-cravo.) também conhecida como alfavaca manjericão, ocimum basilicum), elas são plantas bem parecidas e com muitas indicações semelhantes, porém são plantas diferentes.
Nesta matéria vamos falar sobre o manjericão (alfavaca, ocimum basilicum) ele é uma planta perene, que mede aproximadamente 60 cm de altura, sendo originária da Ásia e África. É uma planta conhecida pelos seus galhos com muitas ramificações, com suas folhas postas, com um formato oval, e pela sua cor verde clara, tem flores brancas, conforme a foto abaixo.
O manjericão é uma erva aromática muito utilizada na culinária como tempero, deixa um sabor delicioso e único nos pratos e possui propriedades medicinais em benefício a nossa saúde, também é consumida através de chá e sucos.
Estudos demonstraram que o manjericão possui propriedades antibacterianas, antioxidantes, antiespasmódicas e digestivas. O Manjericão também oferece nutrientes essenciais para o corpo e a mente, como as vitaminas A, C e K, manganês, cobre, cálcio, ferro e gorduras omega-3. É uma ótima fonte de magnésio, que proporciona melhor fluxo sanguíneo.

Confira os seus benefícios:
 
- Antialérgico natural:

A folha é antialérgico e ajuda a aliviar as picadas de insetos.
Coloque uma colher (chá) de suco de manjericão sobre a área afetada e deixe agir.
Repita após algumas horas.

- Ajuda no tratamento de resfriados:

Um dos benefícios do manjericão é a melhora do sistema imunológico. Suas folhas são utilizadas no tratamento de resfriados. É recomendável mastigá-las para o alívio de resfriados e gripes. As fortes propriedades do manjericão antibióticas protegem o organismo contra bactérias e as infecções causadas por elas. Outro tempero muito conhecido e que vale a pena conhecer é o gengibre, que tem vários benefícios similares.

- Alívio de tosse:

O Manjericão é um ingrediente de xaropes e expectorantes. Dores de garganta também podem ser aliviadas com um gargarejo com água fervida com folhas da planta. A erva é ainda eficaz para outros problemas respiratórios, tais como asma e bronquite.

-Melhora o sistema imunológico:

A melhora do sistema imunológico também é um dos benefícios do manjericão. Ao fortalecer o sistema imunológico a planta protege contra asma, alergias, artrite, câncer, gripes e resfriados. Para melhores resultados, recomenda-se dar preferência à folha fresca e não seca

- Antiestresse:

As folhas de Manjericão também são apontadas por diminuir o estresse. Especialistas recomendam mascar 10 a 12 folhas de Manjericão, duas vezes por dia, para prevenir o estresse e os problemas decorrentes deste mal.

- Melhorar a pele:

Outros benefícios do manjericão são a prevenção do surgimento de acnes e aceleração o processo de recuperação de feridas na pele. O seu extrato ajuda a eliminar as bactérias presentes na derme, que resultam no entupimento dos poros, a principal causa da acne.
Propriedades do manjericão reduzem a inflamação da pele e são utilizadas no tratamento de outros problemas, como micose, psoríase e picadas de insetos. A erva é considerada excelente na prevenção e tratamento do câncer de pele.

-Melhora a saúde bucal:

Estudos apontam que as propriedades do Manjericão também são eficazes no combate ao mau hálito e doenças periodontais.

-Elimina pedras nos rins:

O Manjericão tem poderoso efeito no funcionamento dos rins. Para otimizar o órgão, é indicado o consumo de 6 folhas frescas com água, em jejum. Para quem sofre de pedras nos rins é bom misturar suco extraído de manjericão com mel e tomar a mistura diariamente durante aproximadamente 6 meses. O procedimento facilita a eliminação das pedras nos rins pela urina. A planta ainda é benéfica para a cura de diversos problemas urinários. Você também pode conferir algumas dicas para prevenir a pedra nos rins que podem ser muito úteis na sua vida.
-Tratamento para problemas de estômago:

O consumo de Manjericão também faz bem para o sistema digestivo. O suco extraído de suas folhas pode tratar dores de estômago ou cãibras. Seu chá ainda é utilizado para tratar outros problemas comuns de estômago, como prisão de ventre, indigestão, pilhas e acidez. Suas propriedades medicinais ajudam ainda a curar úlcera gástrica e úlcera péptica, além de melhorar o funcionamento do fígado.
- Alívio de dor de cabeça:

Mais um dos benefícios do Manjericão é sua função de relaxante muscular. A planta pode ser mastigada, ingerida como chá ou ainda ser aplicada como óleo diretamente no corpo para aliviar a tensão nos músculos e as dores de cabeça.

- Sistema cardiovascular:

Os poderosos componentes antioxidantes encontrados na erva ajudam a baixar o nível de colesterol e reduzir as chances do desenvolvimento da doença da artéria coronária. Propriedades do manjericão como o magnésio auxiliam relaxando os músculos e melhorando o fluxo sanguíneo no organismo.

-Sistema respiratório:

A erva também favorece a saúde respiratória, pois ajuda a melhorar o desempenho dos pulmões. Os óleos essenciais de Manjericão são bons para curar a bronquite e congestão dos pulmões. A planta também é muito útil no tratamento da tuberculose.

Suco de Manjericão:

Bata no liquidificador um punhado de folhas de manjericão em 1 litro de água.
Coe e adoce com mel e beba 3 vezes ao dia.

Chá de Manjericão:

Coloque 1 litro de água para ferver, depois de fervida desligue o fogo e adicione um punhado de folhas de manjericão. Tampe e deixe repousar por uns 5 minutos e coe.
Beba adoçado 3 vezes ao dia.

As folhas frescas do manjericão ajudam a garantir um toque final especial à pizzas, é utilizado para fazer os chás e sucos.
O manjericão desidratado ou em pó é uma ótima opção para temperar carnes e massas; já a moída, combina perfeitamente com legumes.

Dica: Eu costumo também usar folhas frescas (uma ou duas) para cozinhar com o frango, peixe ou carne.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Bolo 5 copos.


Bolo 5 copos.

Super fácil e rápido de fazer. Fica fofinho e uma delícia!

INGREDIENTES

1 copo de açúcar
1 copo de óleo (só coloco meio)
1 copo de farinha de trigo
1 copo de fubá
1 copo de leite morno
2 ovos
1 colher de fermento em pó
MODO DE PREPARO:

Coloque todos ingredientes no liquidificador, menos o fermento em pó e bata bem. Depois coloque o fermento e bata rapidamente para misturar.
Asse em fogo médio por mais ou menos 30 minutos.
Depois de pronto é só saborear este delicioso bolo.

Créditos da Foto: Andréa Ribeiro - Receita testada e aprovada.
segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Chá de Alfavaca: possui ação anti-séptica e analgésica, combate resfriados e dores no corpo, tem ação antioxidante dificultando o surgimento de cancros como o câncer de mama, de útero e de próstata; e outros.


Chá de Alfavaca: tem ação antioxidante dificultando o surgimento de cancros como o câncer de mama, de útero e de próstata; possui ação anti-séptica e analgésica, combate resfriados e dores no corpo, e outros.

Primeiramente é importante saber que a alfavaca-cravo (alfavacão, ocimum gratissimum) e alfavaca (manjericão, ocimum basilicum) são plantas bem parecidas e com muitas indicações semelhantes, porém são plantas diferentes.
Nesta matéria vamos falar sobre o alfavacão, também chamado ou conhecido de alfavaca cravo, conforme a foto abaixo; aquele que possui folhas grandes, medindo até 10 cm de comprimento por 2 a 3 cm de largura, de coloração verde escura, apresentando bordos serrilhados.
A planta pode atingir até uns 2 metros de altura e sua origem é tida como sendo do Oriente, mas com ampla distribuição pelo Brasil. Seu caule pode se tornar muito grosso e lignificado, suportando bem as podas. Sua multiplicação se dá por estaquia ou por sementes. Suas flores são de coloração branca, e seu aroma é muito parecido com o cravo, daí o seu nome popular em algumas regiões de alfavaca-cravo.
A planta mostra alguma evidência de atividade antibacteriana, sendo bastante utilizada na medicina, indústria e agricultura em função das propriedades antifúngica, antibacteriana, antidiarreica, hipoglicemiante e antiinflamatória. Apresenta ainda, ação antisséptica local, sendo utilizada como aromatizante bucal.
Confira os seus benefícios à saúde:

-Possui ação anti-séptica e analgésica: combate resfriados e dores no corpo, de sabor agradável, quando bem quente e adoçado com mel, proporciona um alívio quase que imediato ao doente. Você ainda pode incrementar o seu chá com um pouco de limão cravo, um pouco de canela ou então com alguns dentes de alho, o resultado será fantástico.
O eugenol, presente no alfavaca-cravo, é responsável pelo cheiro característico, e possui excelentes propriedades terapêuticas. No efeito analgésico, o eugenol é usado ainda hoje nos consultórios odontológicos, juntamente com o óxido de zinco para fazer os curativos nos dentes. Além de fazer uma assepsia na cavidade, também auxilia a diminuir a dor.
Devido às suas propriedades, alfavaca-cravo é indicado no tratamento de casos de gripes, resfriados, bronquite, febre, inflamações da garganta e tosse.

-Ação carminativa (combate a formação de gases no intestino), diurética (aumentam a eliminação do sódio (sal) e água através da urina) e sudorífero (que provoca transpiração; que faz transpirar ou suar).
Em algumas regiões também é muito empregado como calmante em casos de nervosismo e até mesmo de paralisia.

-Poderosa ação antioxidante: A planta é rica em compostos antioxidantes como orientim e vicentina, capazes de proteger nosso organismo contra ação de radicais livres. Com isso, ocorre a diminuição do processo de oxidação celular.
Essa ação antioxidante é capaz de retardar o envelhecimento celular, auxiliar na duplicação e renovação celular e ainda dificultar o surgimento de uma série de cancros como o câncer de mama, de útero e de próstata. -Estimulante do organismo como um todo, refazendo processos de grande desgaste energético, antisséptico, analgésico, anti-inflamatório e antipirético ou antitérmico.

O alfavaca-cravo é mais usado nas formas de chá, mas também pode ser encontrado no formato de cápsulas de 250mg, em algumas lojas de produtos naturais.

Chá de alfavaca-cravo:

Coloque um punhado de folhas (a gosto: com mais folhas fica mais forte e com menos folhas fica mais fraco) para ferver em um litro de água. Depois de fervido, adoce com açúcar ou mel e beba 3 a 4 xícaras por dia.

Dicas: Muitas doceiras do nordeste brasileiro utilizam ferver a água com as folhas do alfavaca-cravo antes de preparar os seus doces, pois isto proporcionará um sabor leve e gostoso do cravo. Experimente! Você irá aprovar.
Para dor de garganta: use o líquido para fazer bochechos ou gargarejos 3 a 4 vezes ao dia.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista.
Consulte sempre seu médico.)

Danoninho Caseiro.


Danoninho Caseiro, uma sobremesa super fácil, rápido de fazer e fica deliciosa.

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
2 copos de iogurte natural sem sabor
1 envelope de suco em pó sabor morango 
 Modo de Preparo:

Coloque no liquidificador o leite condensado, o creme de leite, o iogurte e o suco, e bata bem.
Depois coloque em potinhos ou taças individuais e leve a geladeira até ficar firme.
Sirva bem gelado.

Dica: Varie o sabor da sobremesa, prepare com suco de maracujá, limão, uva ou o sabor ao seu gosto.

Receita testada e aprovada - Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
sábado, 9 de novembro de 2019

Bolo de Pão de Queijo de Liquidificador.


Bolo de Pão de Queijo de Liquidificador.
Super fácil, rápido de fazer e fica delicioso!

Ingredientes:

1 e ½ xícara de polvilho doce ou azedo
½ xícara de leite
½ de xícara de óleo
2 ovos
½ xícara de queijo ralado
1 colher de chá rasada de sal
1 colher de sopa de fermento
Queijo ralado (a gosto) para colocar por cima
Modo de Preparo:

Bata bem no liquidificador o polvilho, os ovos, o leite, o óleo, o sal e o queijo ralado. Por último coloque o fermento e bata rapidamente pra misturar, coloque em uma forma untada e enfarinhada, coloque o queijo ralado por cima e leve ao forno pré aquecido e deixe assar em fogo médio até ficar dourado mais ou menos 30 minutos.

Créditos da foto: Andréa Ribeiro (Receita testada e aprovada)
sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Panetone de Liquidificador, um Sabor de Natal Chegando.


Panetone de liquidificador, um sabor de Natal chegando.

Ingredientes:

½ kg de farinha de trigo
1 ovo
2 xícaras de chá de leite morno
½ xícara de chá de óleo
1 colher de chá de sal
1 tablete e meio de fermento para pão ou 1 saquinho de fermento biológico seco.
½ xícara de chá de açúcar
1 ou 2 gemas misturadas a um pouquinho de óleo para pincelar.
Frutas ao seu gosto: ameixa picada, damasco turco picado, uvas-passas, nozes , etc.
Essência para Panetone.
Modo de Preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, menos a farinha de trigo e as frutas cristalizadas.
Em uma vasilha, coloque e misture a farinha de trigo com as frutas cristalizadas, depois despeje o líquido batido por cima, misture bem. Fica uma massa meio mole, coloque em forma, pela metade, untada com margarina e deixe crescer por pelo menos 40 minutos.
Depois de crescer, pincele com as gemas e o óleo, e leve para assar em fogo médio.
Depois de assado, aumente para dourar.
Depois de pronto é só saborear este delicioso Panetone com gostinho de Natal chegando.

Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Deliciosa Pasta de Alho para usar na torrada, no pão, na salada e outros.


Pasta de Alho para usar na torrada, no pão, na salada e outros.

Ingredientes:

7 colheres (sopa) de maionese
2 colheres (sopa) de azeite
Um punhado de salsinha bem picadinha
Sal a gosto
1 dente de alho fresco raladinho (pode ser a gosto, pois tem quem goste de bem forte, e menos forte o sabor).
Orégano (opcional)
Modo de Preparo:

Em uma vasilha, misture a maionese e o azeite, e depois coloque a salsinha, o sal e o orégano, misture bem e por último coloque o alho e mexa bem.
Guarde na geladeira e use em torradas, pão, saladas ou onde gostar.

(Receita testada e aprovada. Créditos da foto: Andréa Ribeiro)
terça-feira, 5 de novembro de 2019

O Leite de Rosas com Bicarbonato de Sódio para limpar e clarear a pele.


O Leite de Rosas Tradicional foi desenvolvido para limpar a pele, combatendo a oleosidade, fechando os poros além de ser adstringente, sendo bastante eficaz para retirar maquiagem e limpar os rostos das impurezas do dia-a-dia, promove uma suave hidratação e também ajuda a combater as manchas causadas pelas espinhas devido a sua ação clareadora. 
O Leite De Rosas Tradicional possui fragrância suave de rosas brancas.
Receita de Leite de Rosas com Bicarbonato de Sódio para limpar e clarear a pele.

Modo de Preparo:

01 frasco de 100 ml de Leite de Rosas.
01 colher de sopa de Bicarbonato de Sódio.

Coloque uma colher de Bicarbonato de Sódio ao frasco de Leite de Rosas, agite bem para obter uma mistura homogênea, deixe descansar por 24 horas e use como tônico caseiro para limpar e clarear a pele.
Modo de Uso:

Antes de usar agite o frasco.
Use este tônico todo dia pela manhã fazendo a limpeza com um algodão em pequenos e delicados movimentos circulares.
Use à noite da mesma forma, podendo deixar a noite toda para intensificar o clareamento da pele.
Pela manhã, lave o rosto com sabonete neutro e remova completamente o produto.

Fonte da Pesquisa: https://tudojuntoaqui.com.br/
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista.
Consulte sempre seu médico.)
sábado, 26 de outubro de 2019

O jiló é um alimento aliado do coração, ajuda a perder peso, ajuda no controle da diabetes, ajuda no combate da anemia e outros.


O jiló é um alimento aliado do coração, ajuda a perder peso, ajuda no controle da diabetes, ajuda no combate da anemia e outros. 
O jiló é um fruto da planta herbácea jiloeiro, muito cultivada no Brasil e é originário da África Ocidental. O jiló tem um sabor amargo, é um fruto pequeno, arredondado ou comprido, de coloração verde escura e casca lisa brilhante.
O jiló possui uma grande quantidade de água e baixo valor calórico; e possui diversas vitaminas e minerais em sua composição: vitamina A, B e C, cálcio, potássio, fósforo, ferro, magnésio e fibras.
O jiló possui muito benefícios à saúde, confira:

- Saúde bucal: comer jiló estimula a salivação e promove uma ação bactericida, o que traz uma limpeza da boca e que ajuda a manter o hálito mais fresco.

- Ajuda a perder peso: Um dos principais benefícios do jiló é auxiliar na perda de peso. Quem quiser emagrecer pode se beneficiar de seu consumo pelo fato dele ser pouco calórico e rico em água (aproximadamente 90% do alimento), que promovem a sensação de saciedade. Assim, ao acrescentá-lo à dieta, fica mais fácil de controlar o apetite. Mas o alimento precisa ser associado a hábitos saudáveis, com alimentação equilibrada e a prática regular de exercícios físicos.

- Ajuda no combate da anemia: O jiló é uma boa fonte de ferro e, por isso, pode ser um ótimo aliado no tratamento da anemia, principalmente a ferropriva, que é a anemia causada pela diminuição dos níveis de ferro no organismo.

- Aliado do coração: ajuda a regular a pressão arterial. O jiló é rico em potássio, o alimento também possui vitamina B1, a tiamina, que ajuda no bom funcionamento do coração, também tem flavonóides em sua composição, compostos que combatem os radicais livres, um dos responsáveis pelo entupimento e inflamação das artérias. Esse componente, ao lado dos alcalóides e esteróides, também colabora para a redução dos níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue, o que contribui com a saúde cardiovascular.

- Para pele, cabelos e unhas: o jiló é rico em antioxidantes e água, sendo benéfico para a pele, unhas e cabelos. Os antioxidantes combatem os radicais livres e previnem o envelhecimento precoce ou acelerado, enquanto a água ajuda a hidratar a pele, o jiló também possui propriedades antifúngicas e anti-bactericidas, que ajudam a manter a saúde dermatológica.

- Ajuda a combater o diabetes: o jiló possui boas quantidades de fibra e é pobre em carboidratos, ajudando a controlar a absorção de glicose, evitando os picos e quedas súbitas do açúcar no sangue.

Dica para tirar o sabor amargo do jiló: deixe-o de molho em água com sal por 15 minutos antes de cozinhá-lo. Também é possível fatiar, salgar e deixá-lo em um escorredor por alguns minutos, em seguida, o alimento deve ser lavado para ir ao fogo.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)
segunda-feira, 14 de outubro de 2019

A cenoura: previne o câncer de mama e cólon, melhora a visão, ajuda a prevenir infecções, protege os dentes e as gengivas; e outros.


A Cenoura é um alimento saboroso e delicioso, pode ser consumida crua ou cozida, ralada ou em pedaços, é usada para o preparo de pão, sopas, refogados, também é usada pra fazer purês e sucos, é muito usada para o preferido de muitas pessoas: o delicioso bolo de cenoura com cobertura de chocolate.
A cenoura é fonte de importantes nutrientes para o nosso corpo, que ajudam a torná-lo saudável. As cenouras fornecem vitamina A e uma série de outros benefícios para a saúde, além da beleza da pele, a prevenção do câncer e ação antienvelhecimento.
A cenoura é conhecida como um dos alimentos mais ricos em betacaroteno, um poderoso antioxidante responsável por sua cor alaranjada. Fonte de fibras, minerais como: fósforo, potássio, cálcio e sódio e vitamina A, vitamina B2, vitamina B3 e vitamina C.
Essas substâncias, tais como as vitaminas pró-A, C e K, e minerais, como o ferro, potássio e manganês, favorecem desde o controle dos níveis da pressão arterial até um emagrecimento saudável.
Conheçam os benefícios da cenoura:

- Previne o câncer: quem consome muita cenoura tem menos risco de desenvolver câncer de pulmão, de mama e de cólon.

- Melhora a visão: a cenoura é rica em vitamina A, importante para saúde da visão, já que a deficiência dessa vitamina pode provocar dificuldade de enxergar com pouca luz, chamada de cegueira noturna.

-Ajuda a prevenir infecção: a cenoura tem um grande poder antisséptico, prevenindo infecções.

- Protege os dentes e as gengivas: elas raspam placas e partículas de alimentos assim como faz sua escova de dentes com creme dental. A cenoura estimula ainda as gengivas e provoca muita saliva, que, por ser alcalina, equilibra as bactérias formadoras de ácido e de cáries. Além de tudo isso, os minerais nas cenouras impedem danos aos dentes.
- Bronzeado da pele: consumir cenouras e outros alimentos de cor laranja, ajudam a promover um bronzeado mais bonito e duradouro. O betacaroteno estimula a produção de melanina, responsável pela pigmentação da pele.

- Pele saudável: a pele está constantemente exposta a agressões ambientais, como exposição do sol, raios ultravioletas e componentes presentes na poluição. Por conter sustâncias com ação antioxidante, a cenoura ajuda a combater os efeitos nocivos dos radicais livres responsáveis pelo envelhecimento das células, retardando assim, a degradação do colágeno, a formação de rugas e o ressecamento da pele.

-Para digestão: As cenouras possuem boa quantidade de fibra alimentar, importantes na manutenção da boa saúde digestiva, pois estimulam o trânsito intestinal, auxiliam na eliminação de toxinas e contribuem para reduzir o mal-estar provocado pela prisão de ventre.

Dica: Se a cenoura for mantida na geladeira, dentro de saco plástico, tem durabilidade de 30 dias.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Oração do Idoso.


"Bem-aventurados aqueles que compreendem meus passos vacilantes e minhas mãos trêmulas.
Bem-aventurados os que levam em conta que meus ouvidos captam as palavras com dificuldade e por isso, procuram falar mais alto e pausadamente.
Bem-aventurados os que percebem que meus olhos já estão nublados e minhas reações são lentas.
Bem-aventurados os que nunca me dizem: Você já me contou isso inúmeras vezes!
Bem-aventurados os que desviam o olhar, simulando não ter visto o café que por vezes derramo.
Bem-aventurados os que sorriem e conversam comigo.
Bem-aventurados os que sabem dirigir a conversa e as recordações para as coisas dos tempos passados.
Bem-aventurados todos aqueles que me dedicam afeto e carinho, fazendo-me assim pensar em Deus.
Quando entrar na eternidade, lembrar-me-ei deles, junto ao Senhor.
Bem-aventurados os que me ajudam a atravessar a rua e não lamentam o tempo perdido que me dedicam.
Bem-aventurados os que me fazem sentir que sou amado(a) e não estou abandonado(a), tratando-me com respeito.
Bem-aventurados os que compreendem quanto me custa encontrar forças para carregar a minha cruz.
Bem-aventurados os que amenizam os meus últimos anos sobre a terra."
Amém!

(Créditos da foto: Andréa Ribeiro - Foto Pessoal)
sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Salsinha: tem efeito afrodisíaco, ajuda no tratamento de doenças renais, combate a retenção de líquidos, fortalece o sistema imunológico e outros.


Salsinha: tem efeito afrodisíaco, ajuda no tratamento de doenças renais, combate a retenção de líquidos, fortalece o sistema imunológico e outros.
A Salsa, também conhecida como Salsinha, cultivada há mais de 2.000 anos, é uma das ervas preferidas da culinária e também é uma planta medicinal muito utilizada no tratamento de doenças renais, como infecção urinária e pedras nos rins, e no tratamento de problemas como gases intestinais, prisão de ventre e retenção de líquidos.
Confira os benefícios para a saúde:

- A salsinha é afrodisíaca, aumenta o nosso apetite sexual, elimina as toxinas do corpo e nos ajuda a perder peso.

- Devido ao seu aroma, podemos mastigar algumas folhas dessa erva durante o dia, a fim de combater o mau hálito.

- Previne o câncer, por ativar a glutationa, um potente antioxidante no organismo.

-Previne gripes e envelhecimento precoce, por ser rica em antioxidantes como óleos essenciais, vitamina C e flavonoides, especialmente a luteolina.

-Fortalece o sistema imunológico, por ser rica em vitamina C e ter propriedades antibacterianas.

-Previne a anemia, por ser rica em ferro e ácido fólico.

- Combate a retenção de líquidos, por ser diurética.

-Previne e combate pedras nos rins, por estimular a eliminação de líquidos e ajudar a limpar os rins.

-Previne doenças cardíacas, como aterosclerose, por ser rica em antioxidantes.

-Ajuda no controle da diabetes.

-Previne trombose e AVC, por evitar a formação de coágulos no sangue.

-Melhora a saúde da pele e a digestão, devido ao seu alto teor de antioxidantes.

-Controla a hipertensão, por ser diurética.

- Ajuda no Combate de infecção urinária, por ter ação antibacteriana e diurética.
Para utilizar na cozinha, usada como tempero em saladas e cozidos, escolha a salsinha fresca com folhas bem verdes e firmes ou a salsinha desidratada pura, de preferência orgânica, pois assim ela terá mais benefícios. A salsinha também pode ser consumida através de Chá e Suco.

Chá: 

Coloque 1 litro de água para ferver, depois de fervida desligue o fogo e adicione 4 colheres de chá de salsa desidratada ou adicione a salsinha fresca, coloque um punhado de salsinha picada. Tampe e deixe repousar por uns 5 minutos e coe.
Beba 2 a 3 xícaras por dia.

Suco:

Um punhado de salsinha fresca, 1 laranja, 1/2 maçã e 2 copos de água.
Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba sem adicionar açúcar e sem coar.

A salsinha não deve ser consumida por pessoas com problemas renais e o seu chá ou suco não deve ser tomado por mulheres grávidas ou que estão amamentando.
Se você é gestante, atenção: não é recomendado o uso da salsinha, pois pode provocar sangramento e contrações uterinas.
A salsinha, em grande quantidade, tem efeitos colaterais, como sangramento e potencialização da varfarina (medicamento anticoagulante).
Em pessoas sensíveis, a salsinha pode causar alergias e problemas estomacais.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Um nó no lençol. O nó do Amor.


"Na reunião de pais de família de uma escola, a diretora salientava o apoio que os pais devem dar aos filhos.
Ela entendia que mesmo que a maioria dos pais da comunidade eram trabalhadores, eles deviam encontrar um pouco de tempo para dedicar e passar com as crianças.
No entanto, a diretora ficou surpresa quando um dos pais se levantou e explicou, que ele não tinha tempo de falar com seu filho durante a semana.
Quando saía para trabalhar era muito cedo e seu filho ainda estava dormindo e quando voltava do trabalho era muito tarde e a criança já estava deitada.
Explicou além disso, que ele tinha que trabalhar dessa forma para prover o sustento da família. Disse também que o não ter tempo para o seu filho o aborrece muito e tentava substituir essa falta dando-lhe um beijo todas as noites quando chegava a sua casa e para que o seu filho soubesse que ele lhe tinha ido ver enquanto dormia, fazia um nó na ponta do lençol.
Quando o meu filho acorda e vê o nó, ele sabe que o pai dele esteve lá e beijou-o. O nó é o meio de comunicação entre nós.
A Diretora se emocionou com aquela singular história e se surpreendeu ainda mais quando verificou que o filho daquele homem era um dos melhores alunos da escola.
Este fato faz-nos refletir sobre as muitas formas em que as pessoas podem fazer-se presentes e comunicar com outros. Aquele Pai encontrou a sua forma, uma forma simples, mas eficiente. E o mais importante é que o seu filho enxergasse através do nó, todo o afeto do seu pai.
Às vezes nos preocupamos tanto com a forma de dizer as coisas que esquecemos o principal que é a comunicação através do sentimento.
Simples detalhes como um beijo e um nó na ponta de um lençol, significavam para aquele filho, muito mais do que um monte de presentes ou desculpas vazias.
É válido que nos preocupemos com as pessoas, mas o mais importante é que elas saibam e possam sentir a nossa preocupação e carinho por elas.
Para que exista a comunicação, é necessário que as pessoas "Ouçam" a linguagem do nosso coração, já que os sentimentos sempre falam mais alto do que as palavras.
É por esse motivo que um beijo, revestido do mais puro afeto, cura a dor de cabeça, o golpe do joelho ou o medo da escuridão."

Texto extraído de um folheto da Escola Irmã Catarina.
(Desconheço a autoria, se alguém souber avise-nos, por favor, para darmos os devidos créditos ao autor deste lindo texto)

Oração para tirar a Habilitação (CNH).


Peço a graça na hora da misericórdia, para que Jesus misericordioso tenha compaixão e olhe por mim atendendo meu pedido ser aprovado(a)!
Já foram muitas tentativas, estou sendo consumido(a) e penso algumas vezes que não tenho mais forças.
No entanto, sei que as coisas acontecem no Tempo de Deus e não no nosso tempo.
Espero ter tranquilidade, serenidade, concentração e calma na hora do exame e que a graça seja alcançada.
Preciso muito e quero conseguir ser aprovado(a).
Que o Santo Protetor dos Motoristas e Viajantes São Cristóvão sempre me acompanhe, na ida e na volta da minha viagem.
Amém!
sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Alecrim: combate a tosse, gripes e asma, reduz o stress, fortifica o couro cabeludo e anti-caspa, ajuda no tratamento de hemorroidas e outros.


O alecrim é uma erva aromática comum na região do Mediterrâneo ocorrendo dos 0 a 1500 metros de altitude, preferencialmente em solos de origem calcária. Devido ao seu aroma característico, os romanos designavam-no como rosmarinus, que em latim significa orvalho do mar.
O Alecrim é também chamado de erva da alegria, seus óleos essenciais favorecem a produção de neurotransmissores responsáveis pelo bem estar. Ele é muito utilizado como aromatizante de ambientes, por ter odor agradável, e realça os sabores de alimentos como assados, carnes, legumes, molhos e pães.
A erva é considerada um excelente fitoterápico, por conter substâncias bioativas. As folhas secas ou frescas do alecrim são utilizadas para a preparação de chás e tinturas. As partes floridas são empregadas na produção de óleo essencial.
Conheça os seus benefícios: 

-Combate a tosse, gripe e asma:
Por ser estimulante, o alecrim é indicado para controle da tosse e da gripe, além de combater crises de asma. As tosses acompanhadas com catarros também são eliminadas pelo alecrim devido a sua excelente ação expectorante.

- Auxilia o tratamento de dores reumáticas e contusões:
Uma solução natural para o reumatismo que ajuda a aliviar as dores é utilizar compressas de alecrim. Pode-se aplicar o alecrim in natura ou o óleo essencial. Também é eficaz no tratamento de entorses e contusões.

-Diurético e ajuda a digestão:
O alecrim é rico em minerais como o potássio, cálcio, sódio, magnésio e fósforo. A ingestão dessas vitaminas e minerais favorece a perda de peso por ter ação diurética. O chá do Alecrim é digestivo e sudorífero, o que faz aliviar os sintomas da má digestão. Além disso, auxilia na limpeza do fígado.

-Auxilia a menstruação:
O chá do alecrim facilita a menstruação e alivia as cólicas menstruais.

-Reduz gases intestinais:
Doses diárias do chá ou da tintura de alecrim são indicados para redução de gases intestinais, responsáveis pelo incômodo de muitas pessoas, por ter ação carminativa.

- Reduz o stress:
Conhecido por relaxar os nervos e acalmar os músculos, o alecrim aumenta o fluxo sanguíneo estimulando o cérebro e a memória. Por conter ácido carnósico, um ácido com propriedades antioxidantes essencial para o sistema nervoso, ajuda a lidar com situações de stress. Muito indicado para situações de estafa mental.

-Tratamento de hemorroidas:
Para o tratamento via oral de hemorroidas inflamadas, o consumo da tintura do alecrim, por dez dias, pode ser eficaz. -Reduz o mau hálito:
A tintura diluída em água serve para bochechos contra o mau hálito, aftas, estomatites e gengivites.

-Tratamento para o couro cabeludo:
Indicado como fortificante do couro cabeludo, como anti-caspa e também contra a queda de cabelo.

- Inseticida natural: plantado na horta, protege as outras plantas.
Ramos de alecrim frescos, colocados entre as roupas, combatem traças.

- Desinfetante de alecrim:
Ferver folhas e pequenos caules de alecrim durante meia hora. Quanto menos água, mais concentrado será. Espremer e usar para limpar louças e casas de banho. Para desengordurar melhor, misturar um pouco de detergente. Guardar na geladeira. Dura uma semana.

Atenção: O chá ou tintura deve ser evitado na gravidez ou lactação, menores de 12 anos, prostáticos e pessoas com diarreia. A ingestão de doses elevadas provoca irritações gastrointestinais e nefrite  A essência de alecrim pode ser irritante para pele.

Modo de Preparo do Chá:

Alecrim fresco:

Coloque um litro de água para ferver, depois de fervida desligue o fogo e adicione um ramo de alecrim. Tampe e deixe repousar por uns 5 minutos e coe.
Tome uma xícara ao dia de preferência sem adoçar.

Alecrim seco:

Ferva um litro de água e adicione 50 gramas de alecrim seco. Deixe ferver por 5 a 10 minutos e após desligue a fervura e coe a mistura.
Beba uma xícara por dia. Pode guardá-lo num recipiente e colocar na geladeira para outros dias.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)
quarta-feira, 21 de agosto de 2019

O Chá de Hibisco ajuda a Emagrecer, desintoxica o organismo, evita a Retenção de Líquido, diminui a Pressão Arterial, controla o Colesterol, melhora a Saúde do Fígado e outros.


O chá de hibisco, especialmente o que é feito com as flores do Hibiscus sabdariffa, conhecido como vinagreira no Brasil, e como “sorrel” ou “roselle”, ou ainda “karkade” em Egipcio, é uma bebida. Na África ocidental, o “jus de bissap” é popular em todos os países e vendido como refresco nas ruas.
O chá de hibisco ficou conhecido principalmente por quem quer perder peso. Mas, devido as suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, a bebida é indicada para aquelas pessoas que cuidam do seu bem-estar e da sua qualidade de vida. A bebida não contém calorias e pode ser servida quente ou gelada.
Confira os seus benefícios:

- Diminui a pressão arterial: Estudos já comprovaram que o chá de hibisco reduz a pressão arterial. Isso ocorre devido as antocianinas encontradas no hibisco, que são responsáveis pelos efeitos anti-hipertensivos. O teor elevado desses compostos no alimento, além da presença de ácidos orgânicos, vitaminas e minerais, ajuda a prevenir o estresse oxidativo das células, ajudando no controle das doenças cardiovasculares.
-Ajuda a perder peso: Um dos benefícios mais conhecidos do chá de hibisco é contribuir para o emagrecimento. Algumas pesquisas indicam que o chá foi capaz de reduzir a criação de células de gordura, ou seja, evita o acúmulo de gordura no corpo. Dentre as substâncias antioxidantes presentes no chá estão os flavonoides e antocianinas, que contribuem para evitar esse problema. Ao diminuir este processo, o chá de hibisco contribui para que menos gordura fique acumulada na região do abdômen e nos quadris. O hibisco também bloqueia a produção de amilase, uma enzima que transforma o amido em açúcar. Lembrando que para que o chá de hibisco seja efetivo na redução de peso é importante vincular o consumo a um plano alimentar equilibrado, além da prática frequente de atividade física.
- Controla o colesterol: Consumir regularmente o chá de hibisco reduz os níveis de colesterol no sangue e os triglicerídeos em pessoas com diabetes e síndrome metabólica (conjunto de doenças relacionadas a obesidade e aumento da pressão, colesterol e glicemia).
-Melhora a saúde do fígado: Alguns estudos realizados em humanos e animais mostram que o consumo do chá de hibisco melhora a saúde do fígado, pois aumenta as enzimas desintoxicantes e reduz os danos ao órgão.
-Evita a retenção de líquido: O corpo humano pode reter água em excesso, causando inchaços que incomodam bastante. O chá de hibisco é rico em quercetina, substância que possui ação diurética, ou seja, aumenta a produção da urina ao longo do dia. Seu consumo, elimina assim, uma maior quantidade de toxinas e de água retida pelo corpo.
-Previne envelhecimento precoce: o chá de hibisco é rico em antioxidantes. Por isso, ajuda a prevenir doenças causadas pelo acúmulo de radicais livres, que causam danos às células e acarreta envelhecimento precoce
- Afasta o risco de câncer: mais uma vez os antioxidantes, principalmente as antocianinas podem diminuir o risco de câncer.
- O chá de hibisco também alivia os sintomas menstruais e da TPM.
Modo de Preparo do Chá:

Coloque a água para ferver, depois de fervida desligue o fogo e adicione duas colheres (sopa) de hibisco desidratado (secos).
Tampe e deixe repousar por uns 5 minutos e coe.
Beba uma xícara de manhã e outra à noite.

O produto pode ser comprado desidratado em lojas especializadas e também em alguns supermercados.

Riscos e contraindicações:

O chá de hibisco reduz os níveis de estrogênio no organismo, por isso, não é indicado para pessoas que fazem terapia de reposição hormonal (TRH) ou tomam pílulas anticoncepcionais. Além disso, ele também altera a fertilidade, pois inibe a ovulação temporariamente. Não é recomendado o uso durante a gestação ou para lactantes, uma vez que há alteração no equilíbrio hormonal e o chá de hibisco atua sobre a musculatura do útero, podendo levar a um aborto e há também o risco de mutações genéticas.
Deve-se evitar o consumo do chá de hibisco durante à noite, para que não ocorra queda na qualidade do sono. Por ter ação diurética, o chá de hibisco causa eliminação contínua de potássio e outros eletrólitos, não se tornando recomendável para pessoas com doenças cardíacas grave, que necessitam de níveis adequados desse mineral. O consumo excessivo de chá causa efeitos indesejáveis como dor de cabeça, náuseas, hipotensão, câimbras e problemas relacionados ao fígado.
Assim como acontece com outros chás de ervas, o de hibisco pode interferir na eficácia de alguns medicamentos, principalmente anti-hipertensivos e o paracetamol. Sendo assim, antes de consumir o chá de hibisco, é importante consultar um médico.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)
segunda-feira, 19 de agosto de 2019

20 Coisas que aprendi depois da Maternidade.


“1- Que a dor de um filho, dói muito mais na gente.
2- Aprendi que não devemos nunca comparar uma criança com a outra, e que toda mãe sabe o que é melhor para seu filho, independentemente das sugestões vindo de fora.
3- Aprendi que nunca mais dormirei uma noite sem preocupação…
4- Aprendi que essa história de que o ser humano precisa de oito horas diárias de sono é balela.
A gente aguenta ter três horas e sobrevive!
5- Aprendi que a gente abre mão das novelas, só pra assistir pela milésima vez aquele DVD infantil, que os filhos tanto amam!
6- Aprendi que um trajeto de 5 minutos a pé da minha casa ao mercadinho pode se transformar em 20 minutos, por ter que parar para dizer ‘oi” a todos os cachorrinhos que estão passeando…
7- Aprendi a ir no banheiro com plateia, rsrsrsrs
8- Aprendi a entender melhor minha mãe e suas preocupações que eu achava exagerada.
9- Aprendi que a gente cospe pro alto e SEMPRE cai na nossa cara. Falava que minha (meu) filha(o) não faria tantas coisas quando estava grávida e hoje pago pela língua grande. 10- Aprendi acordar várias vezes à noite, só para ver se o meu filho está respirando, coisas de mãe de bebê.
11- Aprendi que não importa o que você esteja passando, o sorriso de um filho muda tudo…
12- Aprendi que cada dia é um novo aprendizado…
13- Aprendi a comer em 5 minutos, tomar banho em 2 e assim por diante. rs
14- Aprendi que ao ver noticiário vou sempre me colocar no lugar de cada mãe que sobre, e só em pensar que poderia ser meu filho, vou sofrer por antecipação…
15 - Aprendi que nem tudo é igual a teoria, na prática as coisas são bem diferentes…
16- Aprendi o real sentido da palavra “PACIÊNCIA”…
17- Aprendi que não adianta programar nada.. tudo acontece pela vontade de Deus e deles … (FILHOS) hahaha
18- Aprendi que criança precisa de chão, terra, areia, precisa viver, ao invés de ficar num redoma…
19- Aprendi a superar meus medos, pois sei que ele(a) está ao meu lado sempre…
20- Aprendi o que realmente significa um Amor Incondicional!”

  Postado Originalmente em: https://quemamaeducamichelleguedes.wordpress.com/2014/04/28/20-coisas-que-aprendi-depois-da-maternidade-feito-pelas-mamaes-do-quem-ama-educa
domingo, 18 de agosto de 2019

Casais Felizes não exibem o seu relacionamento nas redes sociais (Pesquisa realizada).


“O estudo realizado pela Universidade Northestern, nos Estados Unidos, mostrou que as pessoas que exibem muito seus relacionamentos, são os que estão mais inseguros em relação ao seu parceiro. Fotos de passeios, momentos românticos, nada fica de fora das redes sociais.
A pesquisa descobriu que os casais inseguros, tentam mais mostrar a felicidade pelo pelas redes sociais.
O trabalho científico, foi publicado pelo Boletim de Psicologia Social e de Personalidades, foram acompanhados 108 casais, que tinham seu relacionamentos expostos no facebook.
Cada participante manteve um diário ao longo de duas semanas, registrando o quanto se sentia inseguro em relação ao relacionamento e o quanto ele interagiu no Facebook a cada dia. Foi realizada uma análise dos perfis na rede social, considerando quanto tempo era gasto na página e a quantidade de publicações sobre a relação era feita pelos casais.
Foi descoberto que nos dias em que os participantes se sentiam mais inseguros, eles acabavam publicando mais coisas sobre o parceiro e seu relacionamento, entre fotos, mensagens, entre outros posts. Enquanto essas ações passam a imagem de que o casal está feliz, a verdade encontrada pelos cientistas diz o contrário.
As pessoas mais felizes e que mais aproveitam suas vidas são as que passam menos tempo tentando mostrar sua felicidade nas redes sociais ou em qualquer outro lugar.
As pessoas realmente felizes não perdem diversão para tirar fotos e se exibir em público, elas curtem a vida em sua mais pura essência.
Os casais felizes são aqueles que se comprometem um com outro e vivem momentos incríveis juntos sem a necessidade de mostrar ao mundo, porque a companhia do outro já é o suficiente. Aquilo que ficará guardado na memória e no coração sempre será maior do que toda a audiência que as redes sociais podem oferecer.”

Fonte da Pesquisa: https://entremaesefilhos.com.br
Créditos da Foto: Andréa Ribeiro (Foto Pessoal)
terça-feira, 16 de julho de 2019

Chá de Camomila: Alivia Tensão Pré-Menstrual e Cólicas, age como calmante e relaxante, diminui a hiperatividade, ajuda no tratamento de problemas no estômago, má digestão, úlceras no estômago e outros.


“A camomila também é conhecida como: camomila-vulgar, camomila-alemã, camomilha ou camomila-dos-alemães é uma planta da família Asteraceae. Essa planta apresenta compostos químicos chamados de flavonoides, responsáveis pela maioria dos efeitos medicinais da camomila para nossa saúde. Também são encontrados na camomila substâncias como sesquiterpenos e outros compostos antioxidantes benéficos para o organismo humano.
A camomila é muito usada como um chá calmante,que pode ajudar a relaxar e a dormir devido à ausência de cafeína. Além disso, trata-se de um chá capaz de ajudar na digestão, prevenir náuseas, proteger a pele, reduzir o estresse, aliviar cólicas, prevenir cãibras e tratar problemas como diarréia e inchaço.
O Chá de camomila tem efeito calmante e estimula produção de aminoácido que alivia as dores no período menstrual.
Os principais benefícios do chá de Camomila são:

Diminui a hiperatividade
Ajuda a acalmar e a relaxar
Alivia o estresse
Auxilia no tratamento da ansiedade
Ajuda no tratamento de problemas no estômago, a controlar a má digestão e a tratar as úlceras no estômago
Ajuda a aliviar o enjoo
Alivia tensão pré-menstrual e cólicas
Ajuda no tratamento de feridas e inflamações
Acalma e remove as impurezas da pele.
Alivia dor de garganta. O chá de Camomila é a forma mais comum de utilizar esta planta, podendo também ser associada ao mel, à erva-doce ou à hortelã-pimenta, combinando assim diferentes benefícios.
O chá é tão natural e inofensivo que é recomendado até por pediatras.

Chá de Camomila:

Ingredientes:

4 colheres de chá de flores secas de Camomila.
1 litro de água.

Modo de preparo:

Coloque a água para ferver, depois de fervida desligue o fogo e adicione as 4 colheres de camomila. Tampe e deixe repousar por uns 5 minutos e coe.
O chá de camomila pode ser bebido 3 (três) vezes ao dia, e caso queira pode ser adoçado com mel ou açúcar a gosto.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos das fotos: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

A Presença das tias fazem com que as crianças cresçam mais seguras e felizes.


Crianças que têm as tias presentes vivem uma infância mais feliz.

“Aqueles que cresceram próximos das tias sabem como sua presença é fundamental para termos uma infância mais feliz e uma vida adulta mais completa e satisfatória. As tias são mais do que apenas um membro da família, elas são nossas verdadeiras amigas, confidentes, pessoas em que sempre podemos confiar.
O papel das tias é muito completo, porque elas incorporam um pouco de cada pessoa importante da família. Elas nos oferecem proteção semelhante a dos pais, o abraço reconfortante dos avós e o apoio incondicional que só aqueles que nos amam de verdade podem nos oferecer.
As tias estão conosco desde pequenos e acompanham todas as nossas conquistas de perto.
Elas sorriem com nossas vitórias e se emocionam todas as vezes em que fazemos algo por conta própria, sentem um profundo orgulho das pessoas que ajudaram a criar.
Elas nos enchem de amor e muito carinho. Levam-nos para passear e nos deixam fazer algumas de nossas vontades (que não podemos fazer em casa), sempre garantindo que estejamos com um sorriso no rosto. Elas nos consideram como seus próprios filhos e se dedicam para serem um bom exemplo para nós.
As crianças que têm as tias presentes desfrutam da melhor companhia que pode existir. Elas possuem a energia jovem, estão sempre dispostas a descobrir novas brincadeiras e permitir que a criatividade dos pequenos seja estimulada, mas ao mesmo tempo são abençoadas com a sabedoria dos adultos, e sabem impor limites, quando necessário. Com elas, as crianças têm o melhor dos dois mundos.
Ter uma tia por perto é crescer seguro do próprio valor e do amor que nos cerca. É saber que sempre teremos uma segunda casa e um lugar onde poderemos encontrar carinho, diversão, companheirismo e muito amor.
Ter uma tia é aproveitar o melhor da infância e aprender desde cedo que a felicidade existe e é encontrada nas coisas mais simples. As tias trazem muitas alegrias para as nossas vidas e nos ajudam a criar algumas das melhores memórias as quais levaremos conosco para sempre. Todas as tardes assistindo a filmes, comendo brigadeiro e brincando dos mais diferentes jogos. Todos os passeios especiais que ninguém mais nos proporcionaria. Todos os abraços quentinhos e as palavras de amor e apoio.
Nós nos beneficiamos muito crescendo perto dessas mulheres incríveis que nos amam de todo o seu coração e nos desejam ver sempre bem, explorando nossas capacidades e criando as vidas que realmente desejamos viver.
Se você tem uma tia por perto, pode ter certeza de que nunca estará desamparado. Mesmo nos momentos mais difíceis, quando parecer que o mundo está contra você, ela sempre lhe mostrará que você é capaz e que há muitas razões para seguir em frente.
Não importa quantos anos você tenha ou o que a vida colocar em seu caminho, sempre poderá contar com sua tia. Ela é uma de suas maiores companheiras de vida!
E, se você é pai, incentive o relacionamento de seus filhos com as tias.
Certamente elas contribuirão muito para que as crianças cresçam mais seguras e felizes.”

Texto de Luiza Fletcher.
Créditos da Foto: Andréa Ribeiro (Foto Pessoal)
terça-feira, 25 de junho de 2019

Chá de Boldo: age como anti-inflamatório, cura ressaca, diminui o inchaço, melhora a digestão, diminui os gases e outros.


O Boldo da terra (Plectranthus barbatus) é uma planta arbustiva que desenvolve grandes hastes verticais atingindo de 1 a 2 metros de altura, a planta é originária da Índia e foi trazida para o Brasil, provavelmente, no período colonial . Também conhecido como boldo do Brasil, boldo de jardim, boldo-silvestre, boldo-falso e tapete de oxalá. O boldo apresenta folhas aveludadas, produz flores azuladas e tem sabor amargo.
Atualmente pode ser encontrada em todas regiões do país, e é muita utilizada para curar os males causados pela ingestão de álcool, cura ressaca alcoólica, por isto ficou muito famosa.
As folhas do arbusto do boldo são usadas na medicina popular. Podendo ser consumido na forma de chá para uma variedade de fins de promoção da saúde.
O chá de boldo é bastante conhecido por suas ações digestivas e por ser um ótimo aliado no bom funcionamento do fígado. Além disso, ele possui muitos benefícios para a saúde e o bem estar do corpo.
Seus benefícios são:

Diminui o inchaço e diminui os gases:

O chá de boldo é ótimo para combater gases e desinchar a barriga e ele deve ser ingerido após o preparo e sem adição de açúcar.

Anti-inflamatório:

O chá é muito eficaz contra inflamações, principalmente aquelas que dizem respeito ao estômago, fígado e intestino. O chá ajuda a sedar os elementos tóxicos no corpo, provocando uma diminuição da dor e melhora do organismo.

Bom para o fígado:

O chá de boldo auxilia positivamente na saúde do fígado. Ele é responsável por energizar o lançamento da bile digestiva pelo fígado, ajudando a remover os principais vestígios de toxinas.

Melhora a digestão:

O chá de boldo é conhecido principalmente por conter ações digestivas. Tudo isso porque ele ativa a produção da bile pelo fígado, melhorando a divisão dos alimentos. Além disso, ajuda a diminuir dores e cólicas intestinais. Apesar de todos estes benefícios, o boldo é contra-indicado em caso de obstrução da vesícula biliar e durante a gravidez, especialmente nos primeiros 3 (três) meses de gestação, porque ele pode provocar aborto ou causar malformações no feto.

Preparo do Chá de boldo:

Adicione 2 (duas) folhas da planta em uma xícara com água fervente e deixe descansar por alguns minutos. Pode ser tomado 2 (duas) xícaras por dia.

As folhas do boldo podem ser usadas frescas ou deixar secar ao sol durante alguns dias. Depois de secas as folhas devem ser guardadas em um recipiente de vidro, devidamente tampado.
Pode ser consumida através de chá e também se quiser pode macetar 2 (duas) folhas frescas e adicionar uma xícara de água fria e tomar 2 vezes ao dia.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro. (Foto Pessoal)
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)
terça-feira, 11 de junho de 2019

Chá de ERVA Cidreira tem efeito calmante, diminui a Pressão Arterial, tem Ação Antioxidante, diminui Cólicas Menstruais, diminui Problemas Estomacais e outros.


Outro dia fizemos uma matéria sobre o Capim Cidreira, também conhecido como capim limão, capim santo, capim cheiroso, dependendo da região, ver a matéria >> Benefícios do Chá de CAPIM Cidreira.
E muitas pessoas questionaram sobre a ERVA Cidreira, então é importante saber que o Capim Cidreira e a Erva Cidreira são plantas diferentes, nesta matéria vamos falar sobre a ERVA CIDREIRA, também conhecida Melissa officinalis, é uma planta medicinal da família da hortelã e do boldo, conforme a foto abaixo.
A erva cidreira possui ação benéfica em casos de gases, problemas estomacais e tem um efeito calmante que melhora casos de insônia, ansiedade, depressão e ajuda na redução do estresse. Além disso, a planta também melhora os casos das cólicas.
Esta erva é rica em polifenóis, terpenos, taninos, flavonoides, ácido rosmarínico e ácido cafeico e se destaca pela ação antioxidante.
Benefícios da Erva Cidreira:

Efeito calmante: A erva cidreira se destaca pela ação calmante e sedativa. Assim, ela ajuda a diminuir problemas de insônia, ansiedade e reduz o estresse. O óleo essencial de erva cidreira também é utilizado na aromaterapia por seu efeito sedativo leve.

Diminui as cólicas: A erva cidreira pode ser indicada em casos de cólicas menstruais porque ela proporciona o relaxamento, inclusive dos tecidos, e por isso ajuda a aliviar este problema.

Diminui problemas estomacais: A erva cidreira possui um efeito contra problemas gástricos. Contudo, ainda não há um consenso sobre o que proporciona este benefício. Os estudos relatam que sua atividade antiespasmódica e carminativa beneficiam o sistema digestivo, inclusive com melhora da indigestão associada à tensão nervosa. Muitas vezes, os indivíduos apresentam problemas gástricos devido ao estresse. O efeito sedativo e ansiolítico da erva cidreira pode auxiliar, amenizando sintomas gástricos e facilitando a digestão.

Diminui os gases: A erva cidreira ajuda a reduzir a produção de gases, isto provavelmente ocorre devido à capacidade do alimento de relaxar os tecidos.

Ação antioxidante: A erva cidreira possui forte ação antioxidante. Por isso, irá combater os radicais livres e evitar o envelhecimento celular, prevenir câncer, evitar a degeneração da mácula, proteger o coração e evitar doenças cerebrais degenerativas.

Diminui a pressão arterial: Alguns estudos apontam que a erva cidreira ajudaria a reduzir a pressão arterial porque proporciona uma vasodilatação leve dos vasos sanguíneos periféricos.

Diminui o colesterol ruim: Certas pesquisas apontam que a forte ação antioxidante da erva cidreira ajudaria a diminuir os níveis do colesterol ruim, LDL. Assim, a erva poderia prevenir doenças cardiovasculares.
Como consumir a erva cidreira:

A melhor maneira de consumir a erva cidreira é sob a forma de chá em infusão. Utilize entre 1 e 4 gramas de folhas da planta preferencialmente fresca para cerca de 150 ml de água. Ferva a água, depois a coloque sobre as folhas em um recipiente e deixe abafando entre cinco e dez minutos. Coe e aguarde. Tome o chá morno, entre 10 e 15 minutos após o preparo, preferencialmente sem adoçá-lo.

Segundo o formulário de fitoterápicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária a orientação é ingerir entre 1 a 4 gramas de folhas por cada 150 ml de água, sendo que a pessoa pode ingerir o chá entre duas e três vezes ao dia. Portanto, a pessoa não pode ingerir mais de 12 gramas de folhas de erva cidreira ao dia ou ultrapassar 450 ml do chá.

Por seu efeito sedativo, existe a possibilidade da erva cidreira interagir com medicamentos ou suplementos sedativos, os calmantes, por isso pessoas que fazem uso deles, devem consultar o médico antes de consumir a erva cidreira.

Altas quantidades de erva cidreira podem levar a uma frequência cardíaca mais lenta e a hipotensão, pressão arterial baixa.
A erva cidreira não é indicada para gestantes, lactantes e crianças com menos de 12 anos. Pessoas com hipotensão e hipotireoidismo também devem evitar o consumo desta planta. Quem utiliza medicamentos sedativos, como os calmantes, também deve evitar a erva cidreira.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Pessoas que choram muito são poderosíssimas, confirma pesquisa.


“Todas as emoções não são iguais, nem encontram o mesmo grau de aceitação em nossa sociedade. A tristeza, entretanto, está catalogada como uma emoção negativa, uma emoção que se deve esconder e que inclusive deveríamos ter vergonha. As expressões da tristeza, com os ombros caídos, o olhar triste e o choro, são considerados sinais de debilidade e insegurança.
Uma sociedade que sempre demanda que estejamos felizes e alegres, dispostas a comermos o mundo, simplesmente é tremendamente injusta. Porque não funcionamos assim, frequentemente nos entristecemos.
Estigmatizar a tristeza só serve para nos fazer sentir pior, para que pensemos que não somos o suficientemente fortes como para aguentar os problemas sem virmos abaixo.

Por que as pessoas que choram são mais equilibradas emocionalmente?

- Não reprimem as suas emoções: Não há motivos para esconder a tristeza. Só as pessoas seguras de si mesma, com uma grande Inteligência Emocional, são capazes de reconhecer as suas emoções e expressá-las, mesmo que estas sejam consideradas “negativas”. É necessário muita coragem para nadar contra a corrente e expressar quem você realmente é ou como se sente nesse momento.
Na verdade, o filósofo Séneca afirmou que “Não tem maior causa para chorar que não poder chorar“.
Manter a mente fria e reprimir as emoções tem um grande custo, não só para nossa saúde psicológica como também física. Numerosos estudos tem vinculado a repressão emocional com um maior risco de desenvolver enfermidades como asma, hipertensão e patologias cardíacas.
-Aproveitam as lágrimas para mudar a perspectiva: As lágrimas não só são a água que limpamos a alma senão que também limpamos os nossos olhos, para permitir-nos ver a situação a partir de outra perspectiva. As lágrimas nos fortalecem e nos permite crescer. Com já dizia a poeta uruguaia Sara de Ibánez: “Vou chorar sem pressa. Vou chorar até esquecer o choro e alcançar o sorriso”.
Na verdade, 70% das pessoas pensam que chorar é reconfortante. E que o choro nos permite ver a situação por uma perspectiva mais positiva. Quando terminamos de chorar, a nossa mente se encontra mais clara e em poucos minutos seremos capazes de analisar a situação a partir de outro prisma. Isto se deve a que as nossas emoções se equilibraram e nossa mente racional está preparada para entrar em ação.

- Sabem que o choro é terapêutico: O choro estimula a libertação de endorfinas em nosso cérebro, que nos ajudam a aliviar a dor e também fomentam um estado de relaxamento e paz. É por isto que depois de chorar, nos sentimos muito melhores e relaxados. Na verdade, foi verificado que não é conveniente cortar o choro, mas deixar que flua porque a primeira fase só tem um efeito ativador , mas a segunda fase tem um efeito calmante que reduz a frequência cardíaca e respiratória, propiciando um estado de relaxamento. Ás vezes, o choro é mais benéfico que o riso.
Um estudo realizado na Universidade da Florida descobriu que o choro é profundamente terapêutico, sobretudo quando se une com um “remédio relacional”, ou seja, quando se aproxima outras pessoas e estas nos dão consolo. Também perceberam que o choro triste, esse que está destinado a criar novos vínculos depois de uma perda, tem um poder catártico. -Não se submetem as expectativas sociais: As pessoas que não tem medo de chorar se sentem muito mais livres, são capazes de expressar-se sem se verem pressas pelos convencionalismos sociais. Estas pessoas não tem medo de decepcionar os demais nem a mostra sua suposta “debilidade”, porque sabem que na realidade chorar não implica em nada disso.
As pessoas que choram são mais verdadeiras e não querem se ver maquilhadas pelas expectativas sociais. Essa consciência as levam a serem mais livres e a levar uma vida segundo suas próprias regras. Estas pessoas são verdadeiros “ativistas” que lutam por uma sociedade mais saudável emocionalmente onde as pessoas não se veem obrigadas a esconder o que sentem.

-Conectam emocionalmente através das lágrimas: O choro é uma das expressões mais íntimas dos nossos sentimentos. Quando choramos na frente de alguém, é como se estivéssemos desnudando nossa alma. Por isso, as lágrimas ajudam a criar um conexão muito especial, é como se conectássemos diretamente através do nosso “eu” mais profundo.
Quando uma outra pessoa “aceita” essa tristeza, sem tentar fugir dela ou nos brindar de falsas palavras de alento, simplesmente nos apoia e se mantém ao nosso lado, se cria uma conexão única.

Na verdade, uma das funções das lágrimas é precisamente a de pedir ajuda, mesmo que seja de maneira indireta, mostrando nossa impotência, para que os demais se acerquem e nos conforte.
Portanto, o choro e a tristeza não devem ser percebidos como um sinal de debilidade, senão como um sinal de fortaleza interna e atenção plena. Não choramos porque sejamos débeis ou incapazes, senão porque estamos vivos e não nos envergonhamos de expressar o que sentimos.
Lembramos que o comparativo da pesquisa não exprime algum tipo de ideologia ou apologia a tal tema de responsabilidade do site, estamos apenas reproduzindo um conhecimento científico.”

Publicado Originalmente em: Tá Certo.
Fonte da Pesquisa: O Segredo.

Carregando as Baterias - Linda Reflexão!

“Uma animação emocionante que conta a história de amizade entre uma idosa e um robô que vai deixar você com lágrimas nos olhos."

"Trata-se de uma belíssima animação da Malásia, que conta a comovente história de uma idosa que vive sozinha em sua casa, até a chegada de uma encomenda curiosa: um pequeno robô para ser seu amigo eletrônico.
Um vídeo para refletir não apenas sobre o poder da amizade, mas da simbologia universal da bateria como representação desta força vital, da energia que nos mantém vivos, nos faz movermo-nos, viver e renovar a esperança na vida, no trabalho, na amizade, no amor e tudo mais.
Impossível não pensar na vida atual, em que solitários se relacionam cada vez mais com pessoas virtuais, via redes sociais. Que muitos perfis falsos nas redes sociais são inclusive robôs que servem para disseminar propagandas ou vírus. Que muitos agem como autômatos diante de um fone celular, um tablet, notebook, quando conectados ao mundo digital.
O mais comovente na história é esta sutil ironia de que a máquina ter a consciência de que todos somos alimentados por baterias, e quando a dele acaba, a sua amiga idosa sempre troca a gasta por uma nova, permitindo que ele viva eternamente. Entretanto, quando a situação se inverte, é tocante ver uma máquina colocando suas pilhas novas e usadas no bolso da idosa, tentando reanimá-la. Um pequeno robô que age como uma ingênua criança descobrindo os mistérios da vida.
Quantas pessoas hoje em dia têm como melhores amigos seus equipamentos eletrônicos? Quantos vivem como robôs, de forma mecânica? Quantos humanizam suas máquinas, através das trocas - não de bateria, mas - de experiências de vida em rede?
Há que se pensar na educação mecanizada, quando esta é calcada apenas na distribuição de equipamentos eletrônicos - babás digitais - para substituir o papel social do educador, seja pai ou professor.
Até prova em contrário, as máquinas não têm alma, mas necessitam da troca ou recarga de baterias para sobreviver. As pessoas, que possuem alma, necessitam da troca de energia e também de experiências com outras pessoas para um melhor viver.
Um belo vídeo para refletir sobre o valor da amizade, das pessoas, das máquinas, da vida, da
educação e muito mais.”
quinta-feira, 16 de maio de 2019

Chá de Hortelã: melhora a saúde bucal, ajuda a combater o estresse, alivia sintomas de gripes e resfriados, melhora a digestão, previne o câncer e outros.


A hortelã é uma erva bastante popular, estando presente em balas, chicletes e em diversos cosméticos. A hortelã contém antioxidantes poderosos, vitaminas A, B6, C, E, K, ácido fólico e a riboflavina
A hortelã tem poderes antibacterianos, antifúngicos e anti-inflamatórios.

Seus benefícios são:

Ajuda combater o estresse:

Uma xícara de chá de folhas de hortelã fresca, três vezes por dia, é tudo que você precisa para reduzir o estresse.

Diminui a pressão arterial:
A hortelã contém potássio, que ajuda a diminuir a pressão arterial e frequência cardíaca.

Melhora a digestão:

A hortelã relaxa os músculos do estômago e melhora o fluxo de bile, que o corpo usa para digerir gorduras. Para melhores resultados, beba chá de hortelã.
Alivia a síndrome do intestino irritado:

A hortelã é muito eficiente no tratamento dos sintomas da síndrome do cólon irritado. Pesquisas comprovam que cápsulas entéricas revestidas de hortelã-pimenta podem ajudar no tratamento de sintomas como dor, inchaço, gases, e diarreia.

Ajuda a aliviar sintomas da asma e outros problemas respiratórios:

O aroma da hortelã também proporciona benefícios, pois ajuda a limpar as vias aéreas. Pessoas que sofrem com asma e alergias podem se beneficiar do uso da erva. Realizar inalações com hortelã ou beber chá de hortelã pode ser bem útil para aliviar os sintomas. Asmáticos devem adicionar hortelã em suas inalações e também beber um pouco de chá. Para facilitar a respiração instantaneamente, adicione cerca de cinco folhas de hortelã em um pouco de água quente e inale.

Ajuda a aliviar sintomas de gripes e resfriados:

O mentol que existe na hortelã é um eficiente descongestionante, além de ser um bom expectorante: ajuda a expelir muco e a diminuir a tosse. Tomar chá de hortelã é muito bom para diminuir a dor de garganta e a tosse seca.

Alivia coceira e irritações da pele:

A hortelã tem propriedades anti-inflamatórias e é antipruriginosa. Por isso pode ser utilizada para aliviar coceiras. Quando aplicada topicamente, a hortelã tem efeito calmante e refrescante em irritações causadas por urticária.

Melhora a saúde bucal:

A hortelã neutraliza o mau hálito e também combate bactérias que causam cáries. Por esse motivo ela é comumente acrescentada em produtos como creme dental, enxaguante bucal e sprays que refrescam o hálito.  

Alivia a dor:

A folhas de hortelã podem aliviar dores musculares, dores de cabeça e até mesmo dores de estômago. Para relaxar os músculos, combine uma xícara de sal marinho, um terço de xícara de azeite e cerca de oito gotas de óleo essencial de hortelã. Massageie o local por dez minutos e enxague.

Alivia náuseas:

O cheiro de óleo essencial de hortelã ou folhas de hortelã frescas pode ajudar a aliviar a sensação de enjoo e ânsia.

Previne o câncer:

A hortelã contém mentol, uma substância cuja propriedades têm sido associadas a prevenção de diferentes tipos de câncer, especialmente o câncer de próstata.

Chá de hortelã:

1 punhado de folhas da hortelã bem lavadas.
1 litro de água.

Levar ao fogo e ferver de 5 a 10 minutos, retire do fogo e deixe esfriar.
Coe e adoce com açúcar, mel ou adoçante. (Se preferir tome o chá puro, sem adoçar)

Obs: Pode mastigar e comer as folhas da hortelã cruas.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro. (Foto pessoal)
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)
domingo, 5 de maio de 2019

Chá de CAPIM Cidreira tem efeito calmante, analgésico, antidepressivo, relaxante, diurético, digestivo, expectorante e outros.


Primeiramente é importante saber que o Capim-Cidreira e a Erva Cidreira são plantas diferentes, nesta matéria vamos falar sobre o Capim-Cidreira, aquele de folhas longas e finas, conforme a foto abaixo. O capim Cidreira possui um aroma agradável que lembra o perfume do limão e as folhas costumam ser utilizadas para o preparo de chás. Também conhecido como capim-limão, capim-santo, capim-cheiroso, dependendo da região. 
O chá de capim cidreira é um chá popularmente conhecido por ajudar a melhorar a qualidade do sono. Muitas pessoas podem tomar esse chá ou outros para ajudar a dormir, mas obviamente não é só isso que o chá de capim cidreira fornece de benefícios.
O chá de capim cidreira age no organismo prevenindo uma série de doenças, ainda mais quando misturado com outras ervas também potencialmente benéficas. O capim cidreira é uma planta robusta com folhas que lembram lâminas, pode chegar até um metro de altura e tem origem asiática, porém é cultivada no Brasil e facilmente encontrada por aqui.
 Além dos chás, a planta pode ser utilizada no preparo de pratos, principalmente na finalização e melhorar a decoração e aroma do prato. Na indústria cosmética, também é utilizada como óleo essencial.
Os benefícios do chá de capim cidreira são muitos. Quando se fala em efeitos terapêuticos, vale lembrar que o capim cidreira tem efeito calmante, analgésico, bactericida, antidepressivo, diurético, digestivo, expectorante, relaxante e desintoxicante.
Isso significa que o chá de capim-cidreira pode ajudar a combater a depressão, crises de ansiedade, insônia, estresse, bem como livrar o organismo de toxinas e excessos. Ajuda no combate de doenças inflamatórias como reumatismo, inflamação dos rins e problemas no fígado. Também atua diretamente no corpo gerando relaxamento muscular.
Uma função bastante conhecida do chá de capim-cidreira é a melhora do funcionamento do aparelho digestivo e a ajuda na eliminação de gases, por isso é indicado seu consumo após as refeições. Seu poder antitérmico também é ideal para combater sintomas de gripes fortes ou outras doenças que trazem a febre. Receita de chá de Capim Cidreira com folhas frescas:

Ingredientes:

1 litro de água
10 folhas frescas
Mel ou açúcar a gosto

Modo de preparo:

Leve a água para ferver, assim que ferver, desligue, adicione as folhas lavadas e deixe tampado por 15 a 20 minutos. Coe e sirva com mel ou açúcar a gosto. (Se quiser tome o chá puro sem adoçar)

Chá de Capim Cidreira com Limão:

Ingredientes:

5 colheres de sopa da planta seca
1 litro de água
1 limão espremido

Modo de preparo:

Ferva a água, desligue o fogo. Então adicione as folhas secas da planta e deixe tampado por 20 minutos. Coe, coloque o limão e beba 3 vezes ao dia.
 

As folhas de capim cidreira podem ser encontradas em lojas de produtos naturais com facilidade e até mesmo alguns mercados e hortifrútis. Apenas lembre-se de tomar cuidado ao escolher, pois a capim cidreira é diferente da erva-cidreira. Na dúvida, peça orientação e consultoria de um vendedor especializado.
Deve-se ter certo cuidado com o consumo, pois o excesso pode levar a problemas de gastrite e azia. Não pode ser consumido por gestantes, pois pode ter efeito abortivo em doses concentradas. Não consumir o chá de capim cidreira junto com medicamentos com propriedades sedativas ou calmantes. Na dúvida, entre em contato com seu médico/nutricionista para um melhor aproveitamento do chá.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da Foto: Andréa Ribeiro.
(Foto pessoal)
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Total de visualizações de página

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *