sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Salsinha: tem efeito afrodisíaco, ajuda no tratamento de doenças renais, combate a retenção de líquidos, fortalece o sistema imunológico e outros.


Salsinha: tem efeito afrodisíaco, ajuda no tratamento de doenças renais, combate a retenção de líquidos, fortalece o sistema imunológico e outros.
A Salsa, também conhecida como Salsinha, cultivada há mais de 2.000 anos, é uma das ervas preferidas da culinária e também é uma planta medicinal muito utilizada no tratamento de doenças renais, como infecção urinária e pedras nos rins, e no tratamento de problemas como gases intestinais, prisão de ventre e retenção de líquidos.
Confira os benefícios para a saúde:

- A salsinha é afrodisíaca, aumenta o nosso apetite sexual, elimina as toxinas do corpo e nos ajuda a perder peso.

- Devido ao seu aroma, podemos mastigar algumas folhas dessa erva durante o dia, a fim de combater o mau hálito.

- Previne o câncer, por ativar a glutationa, um potente antioxidante no organismo.

-Previne gripes e envelhecimento precoce, por ser rica em antioxidantes como óleos essenciais, vitamina C e flavonoides, especialmente a luteolina.

-Fortalece o sistema imunológico, por ser rica em vitamina C e ter propriedades antibacterianas.

-Previne a anemia, por ser rica em ferro e ácido fólico.

- Combate a retenção de líquidos, por ser diurética.

-Previne e combate pedras nos rins, por estimular a eliminação de líquidos e ajudar a limpar os rins.

-Previne doenças cardíacas, como aterosclerose, por ser rica em antioxidantes.

-Ajuda no controle da diabetes.

-Previne trombose e AVC, por evitar a formação de coágulos no sangue.

-Melhora a saúde da pele e a digestão, devido ao seu alto teor de antioxidantes.

-Controla a hipertensão, por ser diurética.

- Ajuda no Combate de infecção urinária, por ter ação antibacteriana e diurética.
Para utilizar na cozinha, usada como tempero em saladas e cozidos, escolha a salsinha fresca com folhas bem verdes e firmes ou a salsinha desidratada pura, de preferência orgânica, pois assim ela terá mais benefícios. A salsinha também pode ser consumida através de Chá e Suco.

Chá: 

Coloque 1 litro de água para ferver, depois de fervida desligue o fogo e adicione 4 colheres de chá de salsa desidratada ou adicione a salsinha fresca, coloque um punhado de salsinha picada. Tampe e deixe repousar por uns 5 minutos e coe.
Beba 2 a 3 xícaras por dia.

Suco:

Um punhado de salsinha fresca, 1 laranja, 1/2 maçã e 2 copos de água.
Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba sem adicionar açúcar e sem coar.

A salsinha não deve ser consumida por pessoas com problemas renais e o seu chá ou suco não deve ser tomado por mulheres grávidas ou que estão amamentando.
Se você é gestante, atenção: não é recomendado o uso da salsinha, pois pode provocar sangramento e contrações uterinas.
A salsinha, em grande quantidade, tem efeitos colaterais, como sangramento e potencialização da varfarina (medicamento anticoagulante).
Em pessoas sensíveis, a salsinha pode causar alergias e problemas estomacais.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Deixe o primeiro comentário

Total de visualizações de página

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *