terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Não seja negligente com você mesmo, não entregue o seu coração a quem não sabe cuidar.

Me perdoe a sinceridade, mas assumir um relacionamento (namoro) com alguém que acabou de sair de um outro, cheio de brigas, contradições, pendências e incertezas, é fria. E, se envolver com uma pessoa que gosta de se achar a mais cotada do universo, é fria também.

O coração da gente é muito valioso, não merece ser ignorado ou deixado de lado por uma aventura qualquer, ou por um alguém que não sabe o que quer da vida, que está simplesmente tentando apagar da mente o que não conseguiu tirar do coração. Quem sai de uma relação mal resolvida, não sai bem, não fica bem e não sabe ao certo que rumo tomar.
Principalmente se for aqueles de longas datas, aonde além do amor, também há sonhos construídos, e a outra parte está decidida a resgatar o que se foi. Se proteja de pendências afetivas, fuja de compromissos não sérios, se preserve de confusões, de gente infernizando a sua vida, e não se entrelace com quem não se entrelaça com você.

Quem tem objetivos na vida não se arrisca dessa maneira. Eu sou daquelas de acreditar não em tampas de panela ou metade de laranja, mas em um alguém inteiro, disposto e honesto com os próprios sentimentos e com os sentimentos dos outros, no caso, o seu.

Não seja negligente com você mesmo. Há pessoas que realmente precisam mais do que uma escola da vida para saber lidar com o coração dos outros. Não cresceu, não amadureceu, não aprendeu a cuidar, a ser leal, a ser fiel, a proteger, entende? Tem gente que brinca demais de gostar, é convincente, bacana, humilde, romântico(a), mas não há verdade dentro da sua alma, e, ao invés de tornar o seu mundinho afetivo seguro, só te trará danos futuros, só te causará decepções, só te fará desacreditar no amor.

Ninguém merece carregar nos ombros guerrinhas mal resolvidas de ninguém, e, deixa Deus construir o seu futuro, tenha paciência, saiba esperar nele o melhor, o que é seu, o que está sendo preparado para você, e que te fará feliz pelo que você é, e pelo tanto que você merece ser.

Autora do texto: Cecilia Sfalsin
terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Benefícios à Saúde do Chá da Folha da Amora.

A folha da amora tem várias propriedades medicinais que ajudam no tratamento de várias doenças.

Confira os seus benefícios:

-Regulador Hormonal (Menopausa): Regula os hormônios atuando com eficácia nos sintomas da menopausa.

-Imunização ao Câncer: Segundo estudos e experiências as folhas da Amora têm propriedades que inibem o aparecimento ou surgimento do Câncer.

-Obesidade: Inibe o acúmulo de gordura no corpo e aumenta o volume de gordura eliminada, inibindo principalmente o acúmulo de gordura nas vísceras, e evitando assim a obesidade.
-Circulação Sanguínea: Melhora as taxas de colesterol e gorduras neutras no sangue.

-Hipertensão: Efeito de normalização e de inibição de elevação arterial, por possuir o ácido y-aminobutírico (GABA), um hipotensor.

-Diabetes: Possui a DNJ, Inibidora da Taxa de Glicose com a liberação Natural de insulina.

-Rins e Fígado: Melhora o funcionamento do Fígado e dos Rins, inibindo o acúmulo de gordura e colesterol nestes órgãos.
-Osteoporose: Ele Possui 22 vezes mais cálcio que o leite, além de conter mais potássio, magnésio e ferro natural, proteína, fibra, zinco e levedura.

-Regulador do Intestino: Por possuir grande quantidade de fibras alimentares, facilita o trânsito intestinal e melhora da prisão de ventre. Ainda diminui os bacilos nocivos sem afetar os benéficos, mantendo a flora intestinal em boas condições. -Efeito bactericida: Estudos revelam que o Chá de Amora tem efeito de inibir a proliferação de fungos, bem como efeitos bactericida e anti-inflamatório.

-Calvície: Além das propriedades apresentadas acima o Chá de Folha de Amora, auxilia o tratamento e prevenção à Calvície, revitalizando a circulação no couro cabeludo, rejuvenescendo os fios e inibindo progressivamente a queda dos cabelos.  


Receita do chá das Folhas de Amora

O chá é um dos meios mais eficazes de absorver as propriedades benéficas à saúde contidas nas folhas e nos frutos, suas propriedades medicinais são potencializadas na infusão.

Aprenda como fazer:

Em uma panela coloque um litro de água e leve ao fogo; desligue assim que começar a ferver.
Coloque a água em um recipiente e acrescente 3 folhas da Amora.
Quando estiver morno coe e beba sem adoçar 3 vezes ao dia.
O chá pode ser guardado na geladeira ou em uma garrafa térmica durante um dia apenas.
Não são conhecidas contraindicações do chá da folha de amora.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da Foto: Andréia Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)
quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

A Folha da Amora e do Eucalipto para o tratamento de Rinite e Sinusite.

A sinusite é o resultado da inflamação da membrana que envolve as cavidades ósseas que entram em contato direto com o nariz. Em geral, a sinusite ocorre depois de uma gripe mal curada, com um fungo ou vírus afetando a área da inflamação.
A rinite é uma inflamação de origem alérgica da mucosa nasal. É uma resposta do organismo a alguma substância nociva que o nariz repele.
As pessoas que têm rinite e sinusite sofrem mais no inverno e quando ocorrem variações climáticas.
É muito importante também cuidar da alimentação, eliminando alimentos que aumentam o muco, como leite e derivados, açúcar branco e glúten.
A medicina natural tem vários tratamentos para as duas doenças.
Chá da Folha de Amora e Eucalipto

Ferva,assim que acordar, 1 litro d’água em panela de vidro ou inox. Desligue o fogo e acrescente uma folha de eucalipto mais duas folhas de amora.
Tome uma xícara desse chá em jejum e o restante durante o dia, e sempre nos momentos de crise.

Chá da folha de Eucalipto e Gengibre

Pegue 1 pedaço (5 cm) de gengibre e 2 xícaras de água. Coloque para ferver e, quando levantar fervura, espere 5 minutos e adicione uma folha de eucalipto.
Tampe a panela e espere amornar.
Coe e, na hora de servir, adicione o suco de 1 limão e 2 colheres (sopa) de mel puro.

Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da Foto: Andréia Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Total de visualizações de página

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *