domingo, 28 de fevereiro de 2021

Ovos de codorna: estimula o crescimento infantil; é antialérgico natural; ajuda no combate da anemia; ajuda a desintoxicar o organismo; e outros.

Os ovos de codorna são muito saudáveis, deliciosos e possui muitos benefícios à saúde.
Eles são ovos menores do que de outras aves e são muito consumidos no mundo todo e bastante populares na culinária brasileira.
Os ovos de codorna são fonte de proteína, ricos em vitaminas e minerais, possui uma baixa quantidade de gordura saturada.
Os ovos de codorna são consumidos cozidos, em pratos aperitivos ou no acompanhamento de massas e saladas.
Confira os seus benefícios à saúde:

-Tratamento da Anemia: os ovos de codorna possuem alta quantidade de ferro, este alimento aumenta o nível de hemoglobina no organismo e ao mesmo tempo ajuda na remoção de toxinas e metais pesados que possam estar no corpo, contribuindo assim no combate à anemia. É recomendado também para as mulheres grávidas, uma vez que na gravidez elas também podem ficar anêmicas.

-Reduz a pressão arterial: A quantidade de potássio nos ovos de codorna é maior do que em ovos de galinha e apresenta alta capacidade de reduzir a pressão arterial, pois atua como um dilatador nos vasos, o que auxilia no alívio da tensão e do estresse causado nas artérias e vasos sanguíneos de quem tem pressão alta.

- Melhora a visão: os ovos de codorna possuem uma grande quantidade de vitamina A, reduzindo problemas como a degeneração macular e prevenindo e o desenvolvimento da catarata.

- Tem ação antioxidante: As vitaminas C e A, presentes no ovo de codorna, atuam como antioxidantes, pois ajudam a neutralizar os radicais livres e proteger a saúde em geral.

Há estudos científicos que relatam que a presença do aminoácido leucina no ovo de codorna, pode ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue e manter a insulina em níveis adequados, o que o torna um ótimo alimento consumo de diabéticos e pessoas com propensão à doença.

- Ajuda a equilibrar os níveis de colesterol: Existem muitos ácidos graxos bons presentes no ovo de codorna, que ajudam na saúde do coração através do controle do colesterol. O colesterol do tipo HDL (colesterol bom), por exemplo, está presente em mais de 60% da gordura encontrada no ovo de codorna.

-Estimula o crescimento: Da mesma forma que os ovos de galinha comuns, os ovos de codorna também fornecem altas quantidades de proteína à dieta, que é essencial em processos de desenvolvimento.

Principalmente nas crianças, a lisina presente no ovo desempenha um papel importante no desenvolvimento dos ossos. Dessa forma, a proteína presente nos ovos de codorna pode estimular um crescimento saudável e natural do corpo.

-Ajuda a desintoxicar o organismo: Os aminoácidos do ovo de codorna são capazes de se ligar a toxinas e liberar essas substâncias do organismo. Além disso, há indícios também de que eles ajudam a diminuir o tamanho de pedras na bexiga e nos rins.

-Melhora as alergias: os ovos de codorna são ricos em uma proteína chamada de ovomucóide que atua no organismo como um antialérgico natural.

Os ovos de codorna possuem vitaminas (A, B1, B2, C, D, H, E e ácido pantotênico) e sais minerais (ferro, manganês, cobre, potássio, fósforo e cálcio), que além dos benefícios citados acima, contribuem para a perda de peso, aumento de energia, fortalecimento do sistema imunológico, do cabelo e das unhas e melhora da saúde da pele.
Os ovos de codorna apresentam um valor nutricional de até três ou quatro vezes maior do que outros tipos de ovos, como os da galinha.

Fonte da Pesquisa: Google.com
Créditos da foto: Andréa Ribeiro
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Guacamole.

GUACAMOLE

INGREDIENTES:

1 abacate maduro
1 tomate maduro sem pele e sem sementes cortado em cubinhos
1 cebola picada fina
Salsinha picadinha
Suco de 1 limão
2 colheres de azeite
Sal e Pimenta do reino a gosto

MODO DE PREPARO:

Amasse o abacate, depois acrescente os demais ingredientes e misture bem.
Leve à geladeira e depois sirva com nachos, torradas ou pão a seu gosto.

Obs: A minha receita fiz sem a pimenta do reino, porque não gosto.
Créditos da foto: Andréa Ribeiro. (Receita testada e aprovada) 
sábado, 20 de fevereiro de 2021

Pêra: previne o envelhecimento da pele; fortalece os ossos e previne a osteoporose; ajuda a combater a diabetes e controla o colesterol; e outros.

A pêra é uma fruta muito deliciosa, tem o sabor doce e suave, possui cascas que variam entre as tonalidades verde e amarela e com uma polpa branca e macia. A pêra é uma fruta pouco calórica e que possui muitos benefícios à saúde, rica em vitamina A, E, C, fibras, potássio, magnésio e cálcio, também contêm carotenóides e flavonóides, que são compostos antioxidantes.
Confira os benefícios da fruta pêra à saúde:

- Ajuda no funcionamento do intestino: A fruta contém fibras, principalmente na casca, que ajudam na formação do bolo fecal. As fibras promovem o crescimento de bactérias benéficas auxiliando na regularização do hábito intestinal.

- Ajuda a prevenir o envelhecimento da pele: As peras são ricas em nutrientes e antioxidantes que atuam contra os radicais livres, a vitamina C é uma das principais vitaminas envolvidas nesse processo e ajuda também na hidratação; a vitamina A também é importante reduzindo os efeitos do envelhecimento na pele, como as rugas.

- Melhora a atividade muscular: por ser rica em potássio, a fruta age na atividade do músculo cardíaco e também ajuda a evitar câimbras.

- Fortalecimento dos ossos e previne a osteoporose: a fruta é rica em cálcio, que é necessário para a contração muscular e magnésio, que é utilizado para a formação dos ossos, o magnésio ativa a vitamina D e permite que o cálcio forme cristais nos ossos. A presença da vitamina K e dos minerais, fósforo, cálcio, manganês e cobre fazem com que a pêra também contribua para o fortalecimento dos ossos. Sendo assim, quem deseja se prevenir contra doenças ósseas, como artrite, artrose e osteoporose, deve incluir a fruta no cardápio para que o corpo não sofra com as consequências da deficiência desses nutrientes. - Ajuda a combater a diabetes e controla o colesterol: A pêra é rica em fibras, que são essenciais para o controle de colesterol e bom funcionamento digestivo. O açúcar da fruta junto com as fibras, faz com que ele entre mais lentamente na corrente sanguínea, mantendo a glicemia mais estável. A pêra também é uma fonte de pectina, um tipo de fibra solúvel que ajuda na redução do colesterol total.

- Tem ação antioxidante e ação anti-inflamatória: A casca da pêra se destaca por ser rica em compostos que têm ação antioxidante e anti-inflamatória, como é o caso da vitamina C, dos flavonóides e da glutationa. Com isso, funciona como um remédio por combater inflamações de maneira natural e ainda é recomendada como alimento de prevenção contra o câncer por impedir a ação dos radicais livres.

A pera é um alimento nutritivo que deve ser consumida entre os intervalos das refeições, e também pode ser consumida crua, assada ou cozida, participando de várias refeições, sucos, saladas, acompanhamentos de carnes, aves e peixes e em sobremesas.

Fonte da Pesquisa: Google.com
Créditos da foto: Andréa Ribeiro
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)
terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Delicioso Pudim de Milho Verde.

Pudim de Milho Verde.

INGREDIENTES:

2 latas de milho verde (milho em conserva ou 4 espigas de milho fresco picado)
4 ovos
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
400 ml de leite
1 colher de sopa de amido de milho
MODO DE PREPARO:

Bata no liquidificador o milho e o leite, depois coe. Em seguida coloque no liquidificador junto com os demais ingredientes e bata por alguns segundos para misturar.
Despeje a massa em uma forma caramelada, cozinhe em banho-maria por 40 minutos ou leve ao forno por aproximadamente 30 a 40 minutos ou até ficar no ponto de pudim.

Obs: se o milho verde for de lata em conserva, despeje em uma peneirinha pra retirar a água antes de usar.

Créditos da foto: Fran Ribeiro.
(Receita testada e aprovada)

Pitaya é uma fruta exótica que possui poder antioxidante; previne e controla doenças crônicas; combate doenças cardiovasculares; e outros.

A pitaya é uma fruta exótica, atraente e muito deliciosa, que possui muitos benefícios à saúde. A pitaya tem sua origem na América Latina, é o fruto de um cacto e é considerada uma fruta tropical, tem um sabor suave, como uma mistura de kiwi e melão. O termo "pitaia" significa "fruta escamosa".
 Existem 3 principais variações da fruta:

-Pitaya branca: tem casca rosa e é branca por dentro, sendo a mais fácil de encontrar no Brasil;
-Pitaya vermelha: tem uma cor rosa-avermelhado por fora e é rosa-vermelha-púrpura por dentro, sendo também encontrada no Brasil;
-Pitaya amarela: tem a casca amarela e é branca por dentro, sendo mais comum na Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela.
Todas elas contém inúmeras sementes pretas comestíveis distribuídas em toda sua polpa.

Confiram os benefícios da pitaya à saúde:

- Ajuda a emagrecer: por ser uma fruta pobre em calorias e rica em fibras, quando consumida gera uma ação termogênica, que estimula o metabolismo, ajudando assim a eliminar gorduras e também controlar o apetite.

-Poder antioxidante: Essa fruta protege as células, ajuda na digestão, na pressão e combate a anemia porque é rica em vitaminas e minerais.

-Previne e controla doenças crônicas: devido à sua composição nutricional, a pitaya ajuda a combater o câncer (ação antioxidante), doenças cardíacas (pois auxilia na redução do LDL colesterol), e melhora a pressão arterial (devido ação da captina, uma substância presente na fruta).

- Combate doenças cardiovasculares: suas sementes contêm ácidos graxos essenciais como os ômega 3;

- Regula o intestino: possui oligossacarídeos, que são fibras que combatem a prisão de ventre; -Regula a pressão arterial: por ser uma fruta bastante rica em água que estimula a produção de urina, reduzindo o acúmulo de líquidos no organismo;

- Combate a anemia e osteoporose por conter vitaminas e minerais importantes como ferro, fósforo, vitaminas B, C e E.

- A pitaya tem ainda uma substância chamada de tiramina, que ativa um hormônio no organismo chamado glucagon, estimulando o próprio corpo a utilizar as reservas de açúcar e gordura e transformá-las em energia.

No Brasil, a pitaya pode ser encontrada de dezembro a maio na região sudeste. Além disso, é muito cultivada no resto da América do Sul, Israel e China.
Para comer a pitaya deve-se cortar a fruta ao meio, e comer somente a sua polpa. A polpa da pitaya também pode ser usada em saladas, para preparar suco ou vitamina, geleias, sorvetes ou doces.

Fonte da Pesquisa: Google.com
Créditos da foto: Lara Guadalupe Araújo.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico).
quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

Chá de louro: é um diurético natural; controla a diabetes; tem efeito calmante; auxilia na digestão; e outros.

O louro é aquela planta em que suas folhas, devido ao seu sabor e aroma característicos, são utilizadas na culinária brasileira, dão o sabor e o aroma deliciosos na tradicional feijoada, sendo também uma planta medicinal, usada no tratamento de problemas digestivos, infecções, estresse, ansiedade, possui ação diurética, antifúngica, anti-reumática, anti-inflamatória, estimulante e antioxidante e expectorante, devido às suas propriedades.
A folha do louro é rica em potássio, magnésio e vitaminas B6, B9 e C. .
Tem o nome científico de Laurus nobilis e pode ser comprado em todos os mercados e em algumas lojas de produtos naturais.
O chá de louro é uma ótima opção para aproveitar todos os benefícios das folhas, confira os seus benefícios à saúde:

- Efeito calmante: O chá de folha de louro pode ser um grande aliado para acalmar a mente e aliviar os períodos de estresse. Utilizado com esse objetivo desde a Antiguidade por todas as culturas do Mediterrâneo, a inalação do chá (ou o seu consumo propriamente dito) passou a ser fortemente associado como um tratamento alternativo para a ansiedade. Por isso, uma boa dica é sempre tomar uma xícara de chá desta erva antes dormir.

- Folhas de louro são fontes de vitaminas, minerais e antioxidantes: as folhas de louro são fontes poderosíssimas de vitaminas A e C, minerais essenciais : como o selênio e o potássio e antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres. Essas propriedades são responsáveis, por exemplo, por manter o organismo livre de gripes e resfriados , devido à vitamina A, fortalece a imunidade do organismo , devido a boa dose de vitamina C e previne o envelhecimento precoce , papel dos antioxidantes.

- Controla a diabetes: O louro é uma das ervas mais indicadas para os que precisam regular o açúcar no sangue. Devido às propriedades de sua folha, consumi-la sob a forma de chás é uma forma de equilibrar a diabetes tipo 2 ,em que há resistência à insulina; e reduzir os níveis de glicose do organismo.

-Rico em propriedades medicinais: Além de ter um efeito calmante, o chá de louro é praticamente um diurético natural. Beber de 2 a 3 xícaras por dia da substância ajuda a diminuir a retenção de sódio e líquidos do organismo e evitar problemas como insuficiência renal e hipertensão. A bebida também alivia as dores da cólica e inflamações em geral.

- Ajuda a perder peso de maneira saudável: Devido à combinação de propriedades, preparar o chá de louro com um pouco de canela em pau é perfeito para os que precisam perder peso por questões de saúde. Enquanto as folhas de louro ajudam a eliminar as toxinas do organismo, a canela atua acelerando o metabolismo.

- Auxilia na digestão: As folhas de louro têm uma ótima ação digestiva. Elas são capazes de auxiliar a produção da bile pelo fígado e também atuam em enzimas "especializadas" na nossa digestão. Uma xícara da bebida pode ser suficiente para se livrar dos incômodos.

Receita do chá de Louro:

Ingredientes:
-3 folhas de louro
-1 xícara de água fervente

Modo de preparo:

Ferva a água e coloque as folhas de louro na água fervente, deixe por cerca de 10 minutos. Em seguida, beba o chá 3 vezes ao dia. Se quiser adoce antes de beber.

Contra-indicações :

O Chá de louro deve ser evitado na gravidez, ele pode estimular contrações, hemorragias e até levar ao aborto. Então as grávidas devem evitar tomá-lo.

Fonte da Pesquisa: Google.com
Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.
)

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *