sábado, 30 de janeiro de 2021

Aranto: eficaz no combate ao câncer; trata doenças inflamatórias e infecciosas; combate febres e tosses; cicatriza ferimentos; e outros.

O aranto, também conhecido como mãe-de-mil, mãe-de-milhares e fortuna, é uma planta medicinal com origem na ilha africana de Madagascar, podendo ser facilmente encontrada no Brasil. Além de ser uma planta ornamental e de fácil reprodução, possui propriedades medicinais conhecidas popularmente, porém deve ser usada com atenção devido ao risco de intoxicação com suas altas dosagens e por ter pouca comprovação científica.
Não deve-se confundir esta planta com o amaranto, que é um cereal sem glúten rico em proteínas, fibras e vitaminas.
O nome científico do aranto é Kalanchoe daigremontiana e plantas pertencentes a essa família possuem a substância bufadienolídeo com propriedades que podem ser antioxidantes e, algumas vezes, usada para o combate ao câncer, porém ainda não está totalmente esclarecida por estudos científicos e necessita de mais pesquisas
.
Há estudos iniciais, ainda in vitro, que mostram que o aranto tem em sua composição uma espécie de corticoide, o que pode sugerir algum tipo de ação no tratamento de leucemias.
Mas esses estudos são iniciais, ainda não foram testados em humanos ou animais, por isso a planta não deve ser utilizada como medicamento oficial.

Benefícios à saúde:

- O aranto é popularmente utilizado no tratamento de doenças inflamatórias e infecciosas, nos episódios diarreicos, febres, tosses e na cicatrização de ferimentos. Por possuir ações sedativas também é usado em pessoas com problemas psicológicos, como os ataques de pânico e a esquizofrenia.

-Pode ser eficaz no combate ao câncer devido sua potencial propriedade de citotoxicidade, atacando as células cancerígenas. Porém, até o momento, ainda não há comprovações científicas suficientes desse benefício com o consumo direto das folhas da planta.
Bata no liquidificador 1 folha da planta com 200 mL de água.
Tome imediatamente. Faça isso duas vezes por dia.
Mas não dispense o tratamento do seu médico.
Só consuma a planta, se tiver certeza de que se trata da medicinal aranto.

Esta planta nasce de forma espontânea. Se mora no interior, é mais fácil conhecer alguém que saiba identificá-la.
Outra opção é pesquisar na internet para encontrar alguém que forneça mudas de aranto.
Outra informação: existe uma “parente” brasileira do aranto: é a planta conhecida como saião (Kalanchoe brasiliensis), que possui as mesmas propriedades terapêuticas.
Apesar do aranto ser utilizado devido ao seu efeito anti-inflamatório, anti-histamínico, cicatrizante, analgésico e potencialmente antitumoral, essas propriedades ainda estão sendo estudadas.
O uso popular do aranto é feito com o consumo de suas folhas na forma de sucos, chás ou cruas em saladas. Não devem ser ingeridas mais de 30 g de aranto por dia pelo risco de efeitos tóxicos no corpo com suas altas dosagens.
A aplicação do extrato seco de aranto em feridas também é tradicionalmente utilizada para acelerar o processo de cicatrização.
Antes de iniciar o consumo do aranto deve-se consultar o médico e é indispensável a certificação de que se trata da planta correta para não correr o risco de ingerir espécies de plantas tóxicas ao ser humano.

Efeitos colaterais:

Há riscos de intoxicação com o consumo acima de 5 gramas por kg diariamente. Dessa forma, recomenda-se uma dose diária de no máximo 30 gramas da folha, pois a ingestão de uma dosagem maior pode causar paralisia e contrações musculares.

Contraindicações do aranto:

O consumo de aranto é contraindicado para mulheres grávidas, pois pode provocar aumento de contrações uterinas. Além disso, crianças, pessoas com hipoglicemia e com pressão baixa também não devem consumir esta planta.
Apesar disso, quando o aranto é consumido dentro da dose diária recomendada não existem outras contraindicações, uma vez que essa planta passa a não ser considerada tóxica, no entanto é indispensável consultar o médico antes de iniciar o consumo do aranto.
Importante: só consuma a planta, se tiver certeza de que se trata da medicinal aranto.

Créditos da foto: Andréa Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)
quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

A citronela: é um repelente natural; usada para tratamento alternativo da depressão e ansiedade; tem efeito bactericida e antifúngico; inibidor de odores e outros.

A citronela é uma planta nativa da Ásia tropical e é semelhante ao capim-limão ou capim cidreira, sendo diferenciada por seu forte aroma. A Cymbopogon nardus é considerada uma erva aromática medicinal, além de ter um ótimo aroma. A citronela também tem propriedades antibacteriana, antifúngica, antiséptica e é bastante usada em aromaterapia para tratamento da depressão e ansiedade. Além disso, a citronela é ótima para fazer limpeza astral e melhorar as energias. A citronela é uma planta medicinal com propriedades repelentes para insetos, aromatizadora, bactericida e calmante, sendo muito utilizada na confecção de cosméticos.
Existem diversas formas de como usar a citronela em casa, seja plantando um ramo da planta em um vasinho e deixando em algum canto da casa, como incenso, vela aromática ou óleo essencial. Tanto a vela quanto o incenso são ótimas formas de uso no cotidiano por sua praticidade e duplo benefício: modifica energias e repelente natural com eficácia comprovada.
Propriedades da citronela:

A citronela é utilizada, principalmente, como aromaterapia ou como produto cosmético, pois quando seus óleos essenciais são exalados, promovem alguns benefícios como:

-O óleo de citronela é bastante recomendado para tratamento alternativo da depressão e ansiedade na aromaterapia, pois seu aroma tem efeito antidepressivo, possuindo neurotransmissores capazes de trazer uma sensação de frescor que estimula sentimentos de alegria e felicidade. O óleo de citronela pode ser comprado em lojas de produtos naturais e em farmácias de manipulação.

-Repelente contra insetos, sendo uma boa forma natural de espantar mosquitos, como o Aedes aegypti, moscas e formigas.

-Efeito bactericida e antifúngico, ajudando a manter a pele limpa e saudável.

-Ajuda a manter a casa perfumada e desinfetada, quando usada na limpeza.

-Facilita o relaxamento, através da aromaterapia, que também ajuda a manter a concentração.

Os benefícios da citronela também são utilizados sobre animais, ajudando a manter insetos e carrapatos longe deles, além de acalmá-los.

O forte cheiro exalado pela citronela, presente no seu óleo essencial, permite que esta planta seja utilizada de várias formas para garantir os seus benefícios, através da confecção de perfumes, repelentes, incensos, velas, óleos e desinfetantes.
Estes produtos têm o extrato de citronela já concentrado em sua composição, nas doses recomendadas para cada situação, entretanto, é possível obter as propriedades direto da folha de citronela, das seguintes formas:

-Cortar algumas folhas, colocar sobre alguns recipientes, espalhar pela casa e trocar diariamente, para perfumar o ambiente e repelir insetos.

- Cortar alguns pedaços da folha direto da planta, pois intensifica o seu cheiro, nas horas em que se quer evitar os insetos.

- Misturar as folhas com água quente e usar na limpeza da casa, sendo beneficiada com o seu cheiro e suas propriedades bactericidas.

- Ferver as folhas da planta com água, e pulverizar a casa com esta solução.

Por ser muito parecida com o capim-limão ou erva-cidreira, deve-se ter cuidado para não confundir estas plantas, que podem ser diferenciadas, facilmente, pelo cheiro. O capim-limão tem um cheiro adocicado que lembra o limão, enquanto a citronela tem um cheiro muito forte, que lembra desinfetante.
A citronela é uma planta que pode ser cultivada no jardim ou em casa, em um vaso de plantas, para se aproveitar naturalmente os seus efeitos, mas, além disso, também se pode comprar seu óleo essencial já extraído para obter seus efeitos de forma mais prática e potente.

Fonte da Pesquisa: Google.com
Créditos da foto: Adelina Santos.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista)

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *