sábado, 2 de setembro de 2017

ALERTA: saiba o por quê não é recomendável colocar a Cebola Crua na geladeira.

"Apesar da cebola ser um ingrediente bastante popular, nem todo mundo sabe como se deve armazená-la. Quando são bem conservadas, as cebolas podem durar até meses. No entanto, a geladeira não é exemplo de lugar ideal para guardar alhos e cebolas, pois elas só os conservam por alguns dias. Isso acontece porque a temperatura baixa faz com que os bulbos murchem mais rápido.
Quem explica bem é o Departamento de Agricultura Americano.
Segundo ele, as baixas temperaturas levam o amido da cebola a ser convertido em açúcar, o que acaba acelerando o processo de apodrecimento.

O ideal para conservar a cebola é uma temperatura inferior a que encontramos na maioria das cidades brasileiras. No entanto, nada tão frio quanto o refrigerador da sua casa.
Entre 10 e 25 graus é possível manter o bulbo por um bom tempo.
Além de deixar a cebola murcha, a geladeira também pode causar proliferação de fungos.
Segundo especialistas, as cebolas devem ser guardadas num lugar seco, fresco e bem ventilado, de preferência dentro de sacolas de malha.
A cebola é um alimento de baixa caloria e que deixa qualquer comida de panela mais saborosa.
Ela é rica em vitamina C, complexo B e sais minerais, como fósforo, ferro e cálcio.
Além disso, possui grande quantidade de flavonoides, que têm propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.
A cebola é excelente contra infecções, por isso combate gripes e resfriados.
Além do mais, colabora no tratamento de problemas nos estômago e ajuda a dissolver coágulos sanguíneos.
É exatamente por todos esses benefícios que vale a pena mudar o hábito de guardar a cebola na geladeira e conservá-la corretamente, para preservar melhor suas qualidades.
Enfim, é hora de você fazer como os especialistas recomendam para tirar melhor proveito desse maravilhoso alimento.” 
Fonte da Pesquisa: Cura pela Natureza.
Créditos da foto: Andréia Ribeiro.
(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.)

Deixe o primeiro comentário

Pesquisar este Blog.

Total de visualizações de página

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *