domingo, 11 de julho de 2021

CHIA: melhora a saúde intestinal; evita o envelhecimento precoce; reduz o risco de doenças cardiovasculares; e outros.

A chia é uma semente comestível, uma excelente fonte de fibra alimentar, que possui muitos benefícios à saúde. A Chia são sementes da Salvia hispanica, uma planta com flor da família da hortelã nativa do centro e sul do México, ou da Salvia columbariae do sudoeste dos Estados Unidos e México.
As sementes de chia tem em sua composição ômega-3, antioxidantes, cálcio, proteínas, fibras, vitaminas e minerais, que fazem desta semente um excelente complemento nutricional, natural e econômico.
CONFIRA OS BENEFÍCIOS DA CHIA À SAÚDE:

- A Chia melhora o trânsito intestinal, melhora o colesterol e até diminuição do apetite, pois ela é rica em fibras e vitaminas.

-Melhora a saúde intestinal: Também devido ao conteúdo de fibras, as sementes de chia aumentam os movimentos intestinais, evitando a prisão de ventre, mas para que tenham este efeito deve-se consumir as sementes devidamente hidratadas, caso contrário as sementes podem prejudicar a função intestinal, aumentando o risco de colite, por exemplo.

-Reduz o risco de doenças cardiovasculares: A chia tem uma boa quantidade de ômega 3 que atua no organismo reduzindo inflamações, controlando os níveis de colesterol, prevenindo aterosclerose e protegendo o corpo de doenças cardiovasculares e cerebrais, melhorando a memória e a disposição.

- Controla a diabetes: Devido ao elevado conteúdo em fibras, a chia é capaz de evitar o aumento rápido da glicemia, controlando a quantidade de açúcar no sangue, o que é excelente para controlar a diabetes tipo 1 e tipo 2. Além disso, ela reduz o índice glicêmico dos alimentos, devido as fibras, fazendo com que a fome não apareça repentinamente.

-Ajudar a perder peso: As sementes de chia conseguem absorver uma grande quantidade de água e, por isso, formam um gel que ocupa algum espaço no estômago, diminuindo a vontade para comer. O ômega 3 é um nutriente muito importante para as funções cerebrais, pois 60% do cérebro é constituído por gordura, especialmente o Ômega 3. A deficiente ingestão desta gordura está associada a maior perda de memória do idoso e a elevados níveis de sentimentos de angústia e depressão.

-Evita o envelhecimento precoce: As sementes de chia tem antioxidantes que combatem os radicais livres, evitando o envelhecimento das células. Os antioxidantes são substancias que ajudam o organismo a atrasar ou impedir a ação dos radicais livres nas células, evitando danos permanentes que podem, ao longo do tempo, levar ao desenvolvimento de doenças como câncer, cataratas, problemas cardíacos, diabetes e, até, Alzheimer ou Parkinson.

- Ajuda regular o colesterol: A chia possui uma boa quantidade de fibras insolúveis, isto é, que não se dissolvem na água, e por isso, ela quando consumida pode ajudar a eliminar a gordura presente na alimentação, sendo eliminada naturalmente pelas fezes.

-Fortalece os ossos: A Chia é uma boa fonte de cálcio, que ajuda a fortalecer os ossos, o que é especialmente indicado em caso de osteopenia, osteoporose, ou após uma fratura, ou de um tempo prolongado acamado.

COMO CONSUMIR A CHIA:

-Água com chia: Para obter os resultados desejados, é recomendado colocar 1 colher de sopa de chia em um copo com água, deixar por cerca de 15 minutos e beber mais ou menos 20 minutos antes do almoço ou do jantar.

- Overnight: consiste em deixar num pote de vidro os seguintes ingredientes: iogurte natural + 1 colher de sopa de chia + 1 colher de aveia + 1 colher de chá de mel. Essa mistura deve ser mantida toda noite dentro da geladeira e pode ser consumida no café da manhã.

- Adicionar as sementes de chia em receitas de bolo, panqueca ou biscoito.

- Adicionar as sementes em alimentos prontos para o consumo como iogurte, sopa ou salada.

A chia pode ser encontrada na forma de grão, farinha ou óleo e pode ser adicionada no iogurte, cereais, sucos, bolos, saladas e temperos. Para obter todos os benefícios da chia basta consumir mais de duas colheres de sopa por dia.

(Esta matéria é informativa e não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico).

Deixe o primeiro comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *